CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO & PROPINA

PGR denuncia ministro do TCU, seu filho e outros dois por tráfico de influência

Assinada pela procuradora-geral da República, a peça acusatória detalha os procedimentos de investigação e a coleta de provas envolvendo Aroldo, Tiago e os demais suspeitos – entre os elementos incriminatórios, a entrega de dinheiro na sede da UTC, em São Paulo, e no escritório de Tiago Cedraz, em Brasília

11/10/18, 21:57

A

Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou denúncia nesta quarta-feira (10) contra o ministro do Tribunal de Contas União (TCU), Aroldo Cedraz, seu filho, o advogado Tiago Cedraz, e outros dois investigados pelo crime de tráfico de influência. Eles são acusados de negociar e receber dinheiro UTC Engenharia em troca de interferir em julgamentos para favorecer a empresa em processos, em andamento no TCU, relativos à usina Angra 3.

O valor do contrato sob investigação, informa a PGR, era de quase R$ 3,2 bilhões. Esse total contemplaria o consórcio vencedor do certame público, com direcionamento à construtora UTC. A denúncia, encaminhada ao ao ministro Edson Fachin, relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), é desdobramento de inquérito instaurado em 2015 a partir de delação premiada do empresário Ricardo Pessoa. A colaboração judicial foi homologada naquele ano pelo Ministério Público Federal (MPF).

Assinada pela procuradora-geral da República, a peça acusatória detalha os procedimentos de investigação e a coleta de provas envolvendo Aroldo, Tiago e os demais suspeitos – entre os elementos incriminatórios, a entrega de dinheiro na sede da UTC, em São Paulo, e no escritório de Tiago Cedraz, em Brasília.

"Cruzamentos entre os registros de viagens, entrada dos envolvidos na sede da empresa, tabela de pagamentos apresentada pelo colaborador e documentos apreendidos no escritório do advogado também confirmam a relação entre Ricardo Pessoa e Tiago Cedraz. Segundo as investigações, o primeiro acerto foi firmado em 2012 e os pagamentos – feitos de forma parcelada e em espécie – ocorreram até 2014. No total foram pagos R$ 2,2 milhões, ao longo do período de tramitação dos processos", informa a PGR. 

A PGR afirma que Tiago Cedraz atuou para demonstrar aos contratantes a influência que teria junto ao relator ou à área técnica do TCU, postura que recebeu o apoio de ministro Aroldo Cedraz. Há provas, segundo os investigadores, de que o ministro interveio com esse objetivo em duas ocasiões – ao apresentar pedido de vista e ao solicitar adiamento do julgamento de um processo alegando que estaria no exterior. Informações constantes do sistema do TCU mostraram que, desde junho, cinco meses antes do pedido de vista, havia indicação de impedimento do ministro no julgamento do caso.

"Tal situação, somada aos fatos narrados pelos colaboradores acerca da atuação de Tiago Cedraz, revela que Aroldo Cedraz agiu para controlar a data do julgamento. Seu ato de ofício infringiu dever funcional, pois pediu vista de um processo para o qual estava previamente impedido", anotou na denúncia Raquel Dodge, para quem não há dúvidas sobre a incorreção do pedido de vista.

A denúncia também registra que Tiago teve o auxílio de Luciano Araújo, responsável pela receptação dos valores mensais, e Bruno Galiano, apontado como operador de suporte técnico do esquema ilícito. Ambos foram denunciados e, como Aroldo e Tiago Cedraz, podem ser não só condenados pelo crime de tráfico de influência, mas também ao ressarcimento de pelo menos R$ 4,4 milhões aos cofres públicos e à perda da função pública. O valor, ainda segundo a PGR, é equivalente ao total ilicitamente movimentado (R$ 2,2 milhões) somado à mesma quantia da punição por danos morais.

Fonte: JL/Congresso em Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/12/18, 23:08 | ESCÂNDALO - Moro defende apuração sobre caso envolvendo ex-assessor do filho de Bolsonaro
10/12/18, 20:30 | PRÊMIO - Vencedores do Nobel da Paz pedem justiça contra abusos sexuais
10/12/18, 20:25 | PROTESTO - ONG Rio de Paz coloca faixa na Lagoa com o número de PMs mortos
10/12/18, 20:17 | ESPORTE - Atacante Marta é homenageada na Calçada da Fama do Maracanã
10/12/18, 19:39 | POLÍTICA - Rosa Weber defende direitos humanos na diplomação de Bolsonaro
10/12/18, 19:36 | POLÍTICA - Fala de Rosa Weber é "fora de tom e de propósito", diz deputada eleita
10/12/18, 19:30 | POLÍTICA - Em diplomação, Bolsonaro pede confiança daqueles que não votaram nele
10/12/18, 13:53 | MOVIMENTAÇÃO ATÍPICA - ESCÂNDALO DOS BOLSONARO's: Moro diz que não cabe a ele dar explicações sobre relatório do Coaf
10/12/18, 13:01 | GESTÃO PÚBLICA - Secretário de Educação de SP vem a Teresina visitar rede municipal de ensino
10/12/18, 12:56 | ACIDENTE - Mulher levada por enxurrada durante chuva em Teresina é encontrada morta
10/12/18, 12:02 | EVENTO - Seminário defende democracia e celebra 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos
10/12/18, 11:58 | INVESTIGAÇÃO - Prefeito de Niterói é preso em operação da Lava Jato no Rio
10/12/18, 11:53 | TRANSIÇÃO - Saiba quem são os 22 ministros da Esplanada de Bolsonaro
10/12/18, 11:43 | JUDICIÁRIO - Bolsonaro indicará pelo menos 12 nomes no Judiciário; leia a lista
10/12/18, 11:34 | ARTIGO - Constituições Universais que mudaram a humanidade
09/12/18, 21:12 | TRANSIÇÃO - Novo ministro de Bolsonaro tem pedido de condenação pelo MP
09/12/18, 20:54 | ESPORTE - River derrota o Boca e leva o título da Libertadores em Madri
09/12/18, 20:47 | MOVIMENTAÇÃO ATÍPICA - ESCÂNDALO DOS BOLSONARO's: Operador da família fez 176 saques em um ano
09/12/18, 15:08 | MINISTÉRIO - Bolsonaro indica ex-secretário de Alckmin para comandar Meio Ambiente
09/12/18, 14:59 | ESCÂNDALO - 'Ele vai dar as explicações', diz Bolsonaro sobre ex-assessor do filho
09/12/18, 14:56 | SUCESSÃO NACIONAL - Presidente eleito será diplomado nesta segunda-feira pelo TSE
09/12/18, 14:07 | TRANSIÇÃO - Interventor de Roraima quer extinção de cargos e fusão de secretarias
09/12/18, 14:02 | LEGISLAÇÃO - Bolsonaro proporá alteração no sistema de votação eleitoral
09/12/18, 13:55 | FIM DE ANO - Réveillon da Avenida Paulista terá fogos de artifício sem estampido
09/12/18, 12:28 | ARTIGO - Conquistas Constitucionais e Observatório para Mulheres
09/12/18, 12:05 | ESPERANÇA - Há futuro: jovens querem seguir juntos, ocupar espaços, resistir
09/12/18, 12:01 | INTERNACIONAL - Madri aumenta segurança para a final da Libertadores neste domingo
09/12/18, 09:51 | PESQUISA - Brasil tem 5,2 milhões de crianças na extrema pobreza e 18,2 milhões na pobreza
09/12/18, 09:47 | MAIS MÉDICOS - Saída de médicos cubanos expõe desigualdade na saúde do Brasil
09/12/18, 09:36 | TRANSAÇÃO SUSPEITA - Bolsonaro complica situação ao tentar explicar depósito na conta da mulher
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site