CBN - A rádio que toca notícia

SEGUNDO TURNO

Saiba quais partidos já anunciaram apoio a Bolsonaro ou Haddad no 2º turno

PSDB e Centrão ficam neutros. PTB apoia Bolsonaro. Psol apoia Fernando Haddad. PDT decide nesta 4ª feira

10/10/18, 13:15

O

s candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) foram os mais bem votados no 1º turno da eleição presidencial e disputarão o 2º turno em 28 de outubro.

Até lá, colecionarão apoios de partidos e candidatos nos Estados. O Poder360 compila abaixo quem já se pronunciou sobre a disputa:

Jair Bolsonaro

O candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) declarou apoio a Bolsonaro contra Haddad no 2º turno das eleições presidenciais.

Ana Amélia (PP), candidata a vice-presidente de Geraldo Alckmin (PSDB), derrotado no 1º turno, também se aliou ao deputado federal do PSL.

No Rio Grande do Sul, os 2 candidatos que disputam o 2º turno, José Ivo Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB), estão com o político do PSL. O governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), e os candidatos à reeleição Amazonino Mendes (PDT) e Reinaldo Azambuja (PSDB) também.

PTB

Após consultar os membros da Executiva Nacional, o PTB decidiu apoiar Bolsonaro no 2º turno. A informação foi divulgada em nota nesta 3ª feira (9.out.2018), assinada pelo presidente da sigla, Roberto Jefferson.

“Acreditamos que Jair Bolsonaro trabalhará para que o nosso país volte aos trilhos do desenvolvimento social e econômico, e pela pacificação e união do povo brasileiro”, diz a nota.

Fernando Haddad

PDT

Carlos Lupi, presidente do PDT (Partido Democrático Trabalhista), falou nessa 2ª feira que o partido deve anunciar o que está chamando de “apoio crítico” à candidatura de Fernando Haddad (PT), no 2º turno.

Psol

O Psol também divulgou na 2ª feira nota oficializando apoio ao candidato Fernando Haddad (PT). “O 2º turno é a continuidade da luta contra o fascismo e o golpe. A tarefa central nesse momento é, portanto, derrotar Bolsonaro”, afirma o partido em comunicado assinado pela Executiva Nacional.

PSB

O PSB anunciou apoio a Fernando Haddad em reunião da Executiva Nacional, em Brasília. No entanto, os diretórios de São Paulo, Distrito Federal e Sergipe estão liberados para deliberarem internamente em seus Estados.

“Nesses Estados [SP, DF e Sergipe], estamos dando as condições de conduzir as suas campanhas com maior liberdade, levando em consideração as alianças que foram formadas e que precisam ser formadas para a vitória no 2º turno”, disse o presidente nacional do PSB Carlos Siqueira.

Neutralidade

PSDB

O PSDB decidiu liberar seus filiados e militantes e se manter neutro em relação ao 2º turno. Não vai apoiar Fernando Haddad (PT) nem Jair Bolsonaro (PSL). “Estamos seguindo a mensagem das urnas”, disse Geraldo Alckmin, candidato tucano à Presidência derrotado no 1º turno e presidente do PSDB.

“Nós não nos sentimos representados nem por 1 nem por outro. Isso nós falamos a campanha inteira, só estamos repetindo de forma coerente”, disse.

Alckmin afirmou que o protagonismo no 2º turno será dos candidatos. “Quem quiser apoiar Bolsonaro, quem quiser não apoia ninguém, quem quiser apoiar o Haddad, nós liberamos. Cabe a eles expor suas ideias, suas propostas, tirar as dúvidas do eleitorado”, afirmou.

PP

Assim como o PSDB, o PP (Partido Progressista) decidiu se manter neutro sobre o 2º turno. “O eleitor claramente enviou um recado ao país: quer tomar sua decisão sem que qualquer outro aspecto, que não os candidatos, sejam levados em consideração como critério de escolha”, afirmou o partido em carta assinada pelo presidente da sigla, senador Ciro Nogueira.

PPS

Roberto Freire, presidente nacional do PPS (Partido Popular Socialista), disse ser contra 1 possível apoio do partido a algum dos candidatos à Presidência da República. Na 2ª feira, em postagem no Twitter, Freire disse que não apoia nem Haddad, nem Bolsonaro.

PRB

Após consultar os membros da Executiva Nacional, o PRB decidiu permanecer neutro em relação ao 2º turno das eleições. O partido decidiu liberar os seus membros para apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) ou de Fernando Haddad (PT). A informação foi divulgada em nota nesta 3ª feira (9.out.2018), assinada pela Executiva Nacional.

DEM

O partido anunciou nesta 4ª feira (10.out.2018) que se manterá neutro e liberará filiados e militantes para apoiar qualquer 1 dos candidatos.

“O nosso propósito é trabalhar por um novo ambiente, onde a nação seja pacificada e os valores nacionais prevaleçam sobre interesses não republicanos que conduziram o Brasil à pior crise econômica, política, social e moral de sua história”, afirmou em nota.

PR

O Partido da República decidiu não declarar apoio a nenhum dos 2 candidatos à Presidência.

Há divisões no partido sobre o apoio. “Em cada Estado, cada parlamentar pode tomar sua decisão, o que achar melhor para seu Estado”, disse o líder do partido na Câmara, José Rocha.
 
Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/05/19, 20:13 | CRISE PROFUNDA - Jornal O Globo sentencia: Bolsonaro é ameaça à Educação brasileira
19/05/19, 19:30 | POLÍTICA - Deputadas do PSL brigam pelo Twitter e expõem divisão no partido
19/05/19, 19:26 | POLÍTICA - Crítico à base bolsonarista, MBL quer criar partido para 2022
19/05/19, 19:21 | SAÚDE - Novo pacote antidrogas facilita internação involuntária e fortalece clínicas
19/05/19, 19:00 | REFORMA - Relatório final da Reforma da `Previdência será apresentado em 15 dias
19/05/19, 18:56 | POLÍTICA - Janaina Paschoal se diz contra manifestação de apoio a Bolsonaro
19/05/19, 18:36 | POLÍTICA - 'Anunciar o caos recai na própria cabeça', diz FHC sobre Bolsonaro
19/05/19, 14:08 | POLÊMICA - “Avisei meus seguranças: o Sistema vai me matar”, escreveu Bolsonaro em grupos de WhatsApp
19/05/19, 13:55 | CRISE - A batalha pela Educação e a primeira derrota de Bolsonaro nas ruas
19/05/19, 11:25 | ENTREVISTA - Mães de Maio, 13 anos depois: ‘Moro é o ministro da morte’
19/05/19, 11:20 | OPINIÃO - Deslumbrados na República
18/05/19, 21:14 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Justiça determina acesso a notas fiscais de compras feitas por Flávio e Queiroz
18/05/19, 21:08 | ANÁLISE - Governo perdeu 'momento mágico', avaliam economistas
18/05/19, 20:52 | EVENTO - Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa
18/05/19, 20:48 | ENTREVISTA - Janaína Paschoal: Bolsonaro “precisa parar com tanta xaropada e focar no trabalho”
18/05/19, 20:36 | INVESTIGAÇÃO - Sem se intimidar, Justiça amplia devassa nas contas de Flávio Bolsonaro
18/05/19, 15:33 | SAÚDE - Hipertensão atinge 24,7% dos moradores de capitais brasileiras
18/05/19, 15:30 | SAÚDE - Pacientes com transtorno mental têm direito a tratamento humanizado
18/05/19, 15:25 | JUDICIÁRIO - Paciente que precisa de remédios caros entra em pauta no STF
18/05/19, 14:10 | CULTURA - Virada Cultural tem 24h de shows, teatro e dança por toda São Paulo
18/05/19, 14:00 | CONFUSÃO - Depois da educação, governo Bolsonaro mira na saúde pública
18/05/19, 13:09 | OPINIÃO - O mercado e a Globo já decidiram: vão trocar o capitão pelo general
18/05/19, 13:01 | POLÍTICA - O governo Bolsonaro se aproxima da hora da verdade, por Luis Nassif
18/05/19, 12:53 | INVESTIGAÇÃO - Facebook identifica empresa israelense que espalhou fakenews nas eleições brasileiras
18/05/19, 12:49 | POLÍTICA - Bolsonaro concede anistia a partidos que não cumpriram cota mínima para mulheres
18/05/19, 12:29 | OPINIÃO - Para cair, basta ruir
17/05/19, 21:22 | POSTURA - Câmara e Senado decidem substituir o presidente Bolsonaro com ações para aquecer a economia
17/05/19, 21:02 | CÂMARA DOS DEPUTADOS - Capitalização é foco de críticas em audiência sobre Previdência
17/05/19, 20:56 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Coaf aponta que Queiroz fez saques de R$ 661 mil em 18 meses
17/05/19, 20:45 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Apuração sobre Flávio pode avançar sobre milícia, PSL e primeira-dama
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site