CBN - A rádio que toca notícia

SEGUNDO TURNO

Saiba quais partidos já anunciaram apoio a Bolsonaro ou Haddad no 2º turno

PSDB e Centrão ficam neutros. PTB apoia Bolsonaro. Psol apoia Fernando Haddad. PDT decide nesta 4ª feira

10/10/18, 13:15

O

s candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) foram os mais bem votados no 1º turno da eleição presidencial e disputarão o 2º turno em 28 de outubro.

Até lá, colecionarão apoios de partidos e candidatos nos Estados. O Poder360 compila abaixo quem já se pronunciou sobre a disputa:

Jair Bolsonaro

O candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) declarou apoio a Bolsonaro contra Haddad no 2º turno das eleições presidenciais.

Ana Amélia (PP), candidata a vice-presidente de Geraldo Alckmin (PSDB), derrotado no 1º turno, também se aliou ao deputado federal do PSL.

No Rio Grande do Sul, os 2 candidatos que disputam o 2º turno, José Ivo Sartori (MDB) e Eduardo Leite (PSDB), estão com o político do PSL. O governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), e os candidatos à reeleição Amazonino Mendes (PDT) e Reinaldo Azambuja (PSDB) também.

PTB

Após consultar os membros da Executiva Nacional, o PTB decidiu apoiar Bolsonaro no 2º turno. A informação foi divulgada em nota nesta 3ª feira (9.out.2018), assinada pelo presidente da sigla, Roberto Jefferson.

“Acreditamos que Jair Bolsonaro trabalhará para que o nosso país volte aos trilhos do desenvolvimento social e econômico, e pela pacificação e união do povo brasileiro”, diz a nota.

Fernando Haddad

PDT

Carlos Lupi, presidente do PDT (Partido Democrático Trabalhista), falou nessa 2ª feira que o partido deve anunciar o que está chamando de “apoio crítico” à candidatura de Fernando Haddad (PT), no 2º turno.

Psol

O Psol também divulgou na 2ª feira nota oficializando apoio ao candidato Fernando Haddad (PT). “O 2º turno é a continuidade da luta contra o fascismo e o golpe. A tarefa central nesse momento é, portanto, derrotar Bolsonaro”, afirma o partido em comunicado assinado pela Executiva Nacional.

PSB

O PSB anunciou apoio a Fernando Haddad em reunião da Executiva Nacional, em Brasília. No entanto, os diretórios de São Paulo, Distrito Federal e Sergipe estão liberados para deliberarem internamente em seus Estados.

“Nesses Estados [SP, DF e Sergipe], estamos dando as condições de conduzir as suas campanhas com maior liberdade, levando em consideração as alianças que foram formadas e que precisam ser formadas para a vitória no 2º turno”, disse o presidente nacional do PSB Carlos Siqueira.

Neutralidade

PSDB

O PSDB decidiu liberar seus filiados e militantes e se manter neutro em relação ao 2º turno. Não vai apoiar Fernando Haddad (PT) nem Jair Bolsonaro (PSL). “Estamos seguindo a mensagem das urnas”, disse Geraldo Alckmin, candidato tucano à Presidência derrotado no 1º turno e presidente do PSDB.

“Nós não nos sentimos representados nem por 1 nem por outro. Isso nós falamos a campanha inteira, só estamos repetindo de forma coerente”, disse.

Alckmin afirmou que o protagonismo no 2º turno será dos candidatos. “Quem quiser apoiar Bolsonaro, quem quiser não apoia ninguém, quem quiser apoiar o Haddad, nós liberamos. Cabe a eles expor suas ideias, suas propostas, tirar as dúvidas do eleitorado”, afirmou.

PP

Assim como o PSDB, o PP (Partido Progressista) decidiu se manter neutro sobre o 2º turno. “O eleitor claramente enviou um recado ao país: quer tomar sua decisão sem que qualquer outro aspecto, que não os candidatos, sejam levados em consideração como critério de escolha”, afirmou o partido em carta assinada pelo presidente da sigla, senador Ciro Nogueira.

PPS

Roberto Freire, presidente nacional do PPS (Partido Popular Socialista), disse ser contra 1 possível apoio do partido a algum dos candidatos à Presidência da República. Na 2ª feira, em postagem no Twitter, Freire disse que não apoia nem Haddad, nem Bolsonaro.

PRB

Após consultar os membros da Executiva Nacional, o PRB decidiu permanecer neutro em relação ao 2º turno das eleições. O partido decidiu liberar os seus membros para apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) ou de Fernando Haddad (PT). A informação foi divulgada em nota nesta 3ª feira (9.out.2018), assinada pela Executiva Nacional.

DEM

O partido anunciou nesta 4ª feira (10.out.2018) que se manterá neutro e liberará filiados e militantes para apoiar qualquer 1 dos candidatos.

“O nosso propósito é trabalhar por um novo ambiente, onde a nação seja pacificada e os valores nacionais prevaleçam sobre interesses não republicanos que conduziram o Brasil à pior crise econômica, política, social e moral de sua história”, afirmou em nota.

PR

O Partido da República decidiu não declarar apoio a nenhum dos 2 candidatos à Presidência.

Há divisões no partido sobre o apoio. “Em cada Estado, cada parlamentar pode tomar sua decisão, o que achar melhor para seu Estado”, disse o líder do partido na Câmara, José Rocha.
 
Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/02/19, 17:51 | CRIME - Chefe do partido de Bolsonaro contratou empresa do filho na campanha
15/02/19, 17:35 | POLÍTICA - Noblat detona Bolsonaro: usa camisa falsa e posa como indigente
15/02/19, 17:17 | POLÊMICA - Vice manda recado para filho do presidente da República: 'Roupa suja se lava em casa'
15/02/19, 17:03 | POLÍTICA - Dica a Sergio Moro no caso dos laranjas do PSL: basta seguir o dinheiro
15/02/19, 16:50 | CRIME - Investigação sobre Queiroz vai para Grupo de Combate à Corrupção do MP
15/02/19, 16:39 | PROPOSTA - Reforma da previdência incluirá alíquota maior para servidor e aumento do prazo de contribuição de militar
15/02/19, 16:35 | POLÍTICA - FHC: Todo início de governo é desordenado, mas o atual está abusando
15/02/19, 16:29 | EVENTO - Ato na Candelária lembra vítimas de tragédias recentes no país
15/02/19, 13:18 | HISTÓRIA - CASA PAROQUIAL DE LUZILÂNDIA: A história e o primeiro batizado de uma filha da terra
15/02/19, 09:51 | CONCURSO - Brasil mostra alta gastronomia e fecha negócios na França
15/02/19, 09:46 | INSTITUCIONAL - Vice-presidente da República recebe governador do Maranhão
15/02/19, 09:43 | LUTO - Homenagem a jovens mortos no Ninho do Urubu emociona Maracanã
14/02/19, 18:48 | PROPOSTA - Previdência: proposta é de idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres
14/02/19, 18:12 | CRISE - Militares tentam conter clã Bolsonaro e evitar a demissão de Bebianno
14/02/19, 18:00 | DISCURSO - PSL abre guerra contra o clã e Alexandre Frota pede Queiroz preso
14/02/19, 17:50 | CRISE - 'Não é bom discutir isso em público', diz Mourão sobre Bolsonaros
14/02/19, 16:51 | CRISE - Laranjas do PSL 'selecionadas' por Bebianno fragilizam governo Bolsonaro
14/02/19, 16:46 | PREVIDÊNCIA - Bolsonaro usa discurso falso para atacar aposentadoria de agricultores
14/02/19, 16:40 | DISCUSSÃO - Estudo: Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
14/02/19, 16:07 | CRISE - 'Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado', diz Bebianno a interlocutores
14/02/19, 16:01 | CRISE - Padrão fritura dos Bolsonaros no caso Bebianno deixa aliados perplexos
14/02/19, 15:57 | CRISE - 'Está todo mundo dentro de uma saia muito justa', diz Joice Hasselmann
14/02/19, 13:29 | POLÍTICA - Primeira reunião da Câmara de Luzilândia de 2019 promete ser histórica
14/02/19, 13:25 | TRAGÉDIA - Parecer do MPF diz que Vale privilegiou lucros em detrimento da segurança
14/02/19, 13:10 | POLÍTICA - Humilhado publicamente, Bebianno pode se dedicar a derrubar Bolsonaro e filhos contando o que sabe
14/02/19, 13:05 | POLÍTICA - Na TV, Bolsonaro diz que ministro mentiu e adverte o vice Mourão
14/02/19, 13:02 | CRIME - Moro diz cumprir ordem de Bolsonaro para investigar laranjas no PSL
14/02/19, 12:54 | MEIO AMBIENTE - Desflorestamento da Amazônia, já em ascensão, pode subir sob Bolsonaro
14/02/19, 12:43 | INCOERÊNCIA - Governo Bolsonaro desvia R$ 600 bilhões da Previdência para pagar dívida
14/02/19, 09:12 | IMBRÓGLIO - Bolsonaro sobre laranjas do PSL: Determinei à Polícia Federal que investigue
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site