CBN - A rádio que toca notícia

OPINIÃO PÚBLICA

Tereza Cruvinel: pesquisa mostra que só Lula vence Bolsonaro no segundo turno

A pesquisa permite também ao PT dizer que um contingente expressivo de eleitores rejeita uma eleição sem Lula: quando ele é excluído da lista de candidatos, 45% declaram-se indecisos ou dispostos a votar em branco ou nulo

15/05/18, 13:55

A

pesquisa CNT/MDA foi realizada  sob um quadro eleitoral mais depurado, com a variável Joaquim Barbosa já descartada e mais de um mês após a prisão  do ex-presidente Lula.  Ainda assim, e com metade dos eleitores  considerando  que ele não será candidato, Lula é o único que bate Jair Bolsonaro em todos os cenários e o derrotaria em todas as hipóteses de segundo turno.  Sem Lula, Bolsonaro ganharia de  todos os competidores  no segundo turno, exceto de Marina Silva (empate exato de 27,2%) e de Ciro Gomes, que com boa vontade pode ser colocado em empate técnico com ele (28,2% a 24,2%). Partidos indefinidos, como o PSB, podem acelerar a composição com um destes candidatos agora mais nitidamente colocados como os que têm mais chances de derrotar o candidato ultradireitista.

Marina e Ciro se destacam mas o desempenho de Lula dá discurso ao PT para manter a estratégia de levar sua candidatura ao limite,  inibindo a possibilidade de uma convergência em direção a Ciro, pois com a ex-petista da Rede a possibilidade de acordo é remota.  Mais de um mês depois de ter sido preso,  Lula tem 32,4% de preferência, o dobro de Bolsonaro, em segundo lugar com 16,7%.  Seu índice é quatro vezes maior que o de Marina,  terceira colocada nessa simulação (7,6%).  Tanta resiliência reforçará a aposta petista na transferência de votos.

A pesquisa permite  também ao PT dizer que um contingente expressivo de eleitores rejeita uma eleição sem Lula: quando ele é excluído da lista de candidatos,  45% declaram-se indecisos ou dispostos a votar em branco ou nulo. Embora esta inclinação tenda a se alterar com a proximidade do pleito, ela nutre também o discurso das correntes de esquerda do PT, que flertam com o boicote ao pleito na linha “ou Lula ou nada”.

Se o PT ficará  no mesmo lugar,  outros movimentos podem acontecer em direção a Marina ou Ciro,  agora melhor posicionados na contraposição a Bolsonaro que,  apesar das previsões de que sua candidatura murcharia com o avanço do tempo e do jogo, segue firme como favorito na ausência de Lula. Na pesquisa CNT/MDA,  Marina tem índice melhores que os de Ciro mas sua candidatura tem pontos francos que dificultam as alianças:  escasso tempo de televisão (que seria ampliado com uma coligação), limitação de recursos logísticos e financeiros e a perda de aliados que ela conquistou nas campanhas anteriores, no empresariado e no chamado centro.  A brisa neste momento sopra é a favor de Ciro. Alternativa natural da esquerda, ele faz acenos para o outro lado e desperta o interesse de setores da centro-direita.

Aí estão os partidos do Centrão, numa articulação para embarcarem numa mesma candidatura, caso a de Rodrigo Maia (DEM) não deslanche até junho.  Na pesquisa CNT/MDA Maia se manteve no pelotão dos nanicos, com 0,4%, ao lado de candidatos como Flávio Rocha (PRB) e Henrique Meirelles (MDB).  A pesquisa é desanimadora par a o tucano Gerado Alckmin, que passa de 4% para 5,3% quando Lula é excluído, movendo-se do quinto para o quarto lugar.  O Centrão não rasga dinheiro  nem aposta em cavalo pela cor. Vai esperar mais  para fazer seu lance.  Tal como o MDB com a candidatura de Meirelles, seu negócio é eleger grandes bancadas para barganhar  apoio com o futuro presidente. Se já o apoiar na eleição, dando-lhe tempo de TV, melhor ainda.  E assim teremos mais do mesmo, em matéria de governabilidade.

Estes achados poderão ser comparados, ainda esta semana, com os de  pesquisa CUT/Vox Populi, realizada quase ao mesmo tempo.

JUSTIÇA EM BAIXA

Apesar da Lava Jato e do ativismo judiciário,   a Justiça sai-se muito mal na pesquisa CNT/MDA. Para 90,3%, ela não é igual para todos. É pouco confiável para 55,7% e nada confiável para 36,5%.  Mas o fundo do poço é do Congresso e dos partidos, instituições menos confiáveis numa lista de oito, num ano de eleições gerais.

Fonte: JL/Jornal do Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
23/10/18, 16:31 | POLÍTICA - Haddad: 'Estamos alertando o cidadão sobre o que pode acontecer com o Brasil'
23/10/18, 16:18 | CRIME - STF manda PGR investigar usuário que criticou ministros na internet
23/10/18, 16:14 | REPERCUSSÃO - Barroso diz que quem ganhar eleições terá que respeitar regras do jogo
23/10/18, 15:26 | POLÍTICA - Pastor abandona Bolsonaro e pede perdão por espalhar mentiras
23/10/18, 15:06 | POLÍTICA - Bolsonaro pode ser derrotado pelo “salto alto”, diz Estadão
23/10/18, 14:41 | CRIME - Em treinamento de rua, policiais militares fazem campanha ilegal para Bolsonaro
23/10/18, 14:20 | ABSURDO - Jornalista pede demissão ao vivo após ser 'censurado' por Bolsonaro
23/10/18, 13:06 | ARTIGO JURÍDICO - Boletim de Ocorrência e Termo Circunstanciado de Ocorrência
23/10/18, 09:23 | POLÍTICA - Fernando Haddad recebe o apoio de 69 torcidas organizadas
22/10/18, 17:59 | INSTITUCIONAL - Conselho aprova primeiro Plano Nacional de Segurança Pública
22/10/18, 17:56 | LAVA JATO - PGR recorre de decisão que mandou soltar irmão de Beto Richa
22/10/18, 17:52 | ECONOMIA - Saiba o que Bolsonaro e Haddad propõem para a economia
22/10/18, 17:48 | POLÍTICA - TSE e TREs divulgam carta defendendo segurança das urnas eletrônicas
22/10/18, 17:40 | REAÇÃO - “Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia”, diz presidente do STF
22/10/18, 15:58 | FECHAR O SUPREMO - Ministro diz que filho de Bolsonaro cometeu crime contra a Lei de Segurança Nacional
22/10/18, 15:53 | MOVIMENTO - CNBB e mais seis entidades pedem equilíbrio às vésperas das eleições
22/10/18, 15:46 | POLÍTICA - Para Haddad, instituições não estão reagindo a ameças à democracia
22/10/18, 15:36 | CRISE - Parte do Exército busca blindar imagem da Forças Armadas caso Bolsonaro fracasse
22/10/18, 15:34 | CRIMES - Polícia Federal abriu 469 inquéritos para investigar crimes eleitorais
22/10/18, 14:47 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - New York Times chama Bolsonaro de 'triste escolha' e 'risco à democracia'
22/10/18, 14:17 | AGRESSÃO - Em vídeo, coronel chama presidente do TSE de 'vagabunda' e 'corrupta'
22/10/18, 10:58 | POLÊMICA - Ministros do STF consideram declaração de filho de Bolsonaro extremamente grave
21/10/18, 22:06 | POLÍTICA - Em guerra nada santa, Edir Macedo mira a Globo e os católicos
21/10/18, 22:01 | ANÁLISE POLÍTICA - Encorajados por discurso de ódio, preconceituosos saem do armário
21/10/18, 21:47 | POLÍTICA - Observadores da OEA voltam ao Brasil para o segundo turno das eleições
21/10/18, 21:24 | COLETIVA - Ministra rebate Eduardo Bolsonaro e diz que instituições são sólidas
21/10/18, 21:18 | ABSURDO - Bolsonaro repudia fala do filho: tem que consultar um psiquiatra
21/10/18, 21:04 | POLÍTICA - FHC diz que declarações de filho de Bolsonaro 'cheiram a fascismo'
21/10/18, 20:50 | POLÍTICA - “Bolsonaro é louco, vingativo e insano”, diz Roger Waters
21/10/18, 20:40 | ESPORTE - Em jogo disputado e cheio de lances curiosos, Palmeiras vence o Ceará no Pacaembu
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site