CBN - A rádio que toca notícia

PRIVATIZAÇÃO

Federação de planos de saúde apresenta proposta que decreta o fim do SUS

Projeto da Fepraplan quer que até 2038 metade da população seja obrigada a contratar um plano privado ou pagar exames e consultas particulares, caso precise de atendimento médico

17/04/18, 07:43

O

Sistema Único de Saúde (SUS) completa 30 anos em 2018, mas seu futuro é incerto diante de projeto defendido pelas empresas, por meio da Federação Brasileira de Planos de Saúde (Febraplan). O novo sistema foi apresentado no 1º Fórum Brasil – Agenda Saúde, na última semana. Segundo o projeto, em 2038 apenas 50% da população terá acesso ao SUS, e o sistema seria privatizado.

Ainda de acordo com a federação, a outra parcela de usuários seria obrigada a contratar um plano privado ou pagar exames e consultas particulares caso precise de atendimento médico. Durante o seminário foi apresentada a proposta de desconstrução do SUS por meio de sua capacidade de financiamento.

Segundo o deputado federal Esperidião Amin (PP-SC), a justificativa está no fato do SUS ser "um projeto comunista cristão". De acordo com Arthur Chioro, ex-ministro da Saúde e professor de Medicina na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a proposta é uma aberração.

"Essa entidade que produziu o evento não tem nenhuma importância, nem para o mercado de planos de saúde. Ela conseguiu aglutinar um grupo de atores políticos muito secundários, como um deputado decadente. Em tempos de golpe, essas propostas não podem passar em branco", disse Chioro, em entrevista à repórter Nahama Nunes, da Rádio Brasil Atual.

Alexandre Padilha, também ex-ministro da Saúde, lembra que o atual governo e empresários têm interesse em sufocar o SUS e forçar os brasileiros a comprarem planos de saúde. "Os vampiros estão mostrando as garras. Quando aprovaram a regra de congelar os recursos públicos por 20 anos, na prática isso prepara o terreno para uma ideia de retirar o papel do SUS de atender as pessoas, piorando mais o atendimento, obrigando-as a migrar para o serviço privado. O dinheiro está à frente da saúde."

Padilha explica ainda que o projeto trata a saúde como mercadoria, não como um direito universal e gratuito previsto na Constituição Federal de 1988. "Essa proposta na prática quer que o Brasil volte ao passado, quando quem tinha atendimento à saúde eram aqueles com carteira assinada."

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revelou que 70% dos brasileiros dependem do SUS para ter atendimento médico. Chioro reconhece que os usuários têm dificuldade de acessar o SUS e explica que isso ocorre porque o programa sempre foi subfinanciado.

"As pessoas dizem que o SUS não é tudo aquilo que está na Constituição, mas é preciso entender que o sistema não conseguiu garantir tudo aquilo porque, historicamente, ele foi subfinanciado. O financiamento do SUS, juntando as três esferas de governos, no ano passado foi de R$ 3,20 por dia por usuário. Uma passagem de ônibus em São Paulo é R$ 4. Isso é uma estratégia deliberada para sufocar e destruir o SUS, vendendo o serviço privado como alternativa."

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/09/18, 21:14 | ESTATÍSTICA - Mortes no trânsito caem 27,4% nas capitais do país
20/09/18, 21:09 | SAÚDE - Boatos e notícias falsas prejudicam campanhas de vacinação
20/09/18, 21:04 | POLÍTICA - Em carta, FHC pede união contra candidatos radicais
20/09/18, 20:30 | ATENTADO - Justiça autoriza prorrogação de inquérito sobre facada em Bolsonaro
20/09/18, 20:28 | ATENTADO - Bolsonaro passa por procedimento para drenagem de líquido no abdômen
20/09/18, 20:24 | POLÍTICA - Candidatos inelegíveis terão de devolver recursos públicos de campanha
20/09/18, 20:22 | ELEIÇÕES 2018 - Barroso quer ouvir TSE antes de decidir sobre títulos sem biometria
20/09/18, 19:47 | ELEIÇÕES 2018 - Pesquisa Ibope no Piauí: Wellington Dias, 46%; Dr. Pessoa, 19%
20/09/18, 15:37 | POLÍTICA - Irritado, Bolsonaro manda Mourão e Guedes ficarem quietos
20/09/18, 15:22 | POLÍTICA - Aécio devolve casa de 2 mil m² e vai para imóvel funcional
20/09/18, 15:08 | POLÍTICA - Mulheres marcam protestos contra Bolsonaro em vários países
20/09/18, 15:04 | CORRUPÇÃO - Procurador Carlos Fernando Lima deixa força-tarefa da Lava Jato
20/09/18, 14:32 | ARTIGO - Diferenças entre liberdade provisória, relaxamento e revogação de prisão
20/09/18, 14:03 | POLÍTICA - Após Datafolha, Ciro diz para eleitores desconsiderarem pesquisas
20/09/18, 13:59 | ELEIÇÕES - Alckmin não sabe se ataca Haddad ou Bolsonaro para ir ao 2º turno
20/09/18, 10:51 | REPERCUSSÃO - 'The Economist' vê Bolsonaro como 'ameaça' e 'presidente desastroso'
20/09/18, 09:56 | PESQUISA - No Maranhão, Flávio Dino consolida crescimento e liderança
20/09/18, 09:47 | ELEIÇÃO - Avanço em pesquisas é soma de 'efeito Lula' e força do PT, diz Haddad
20/09/18, 09:40 | POLÍTICA - Em editorial, Folha destaca ascensão de Fernando Haddad
19/09/18, 20:57 | CAMPANHA - Ciro chama de fascista proposta de economista de Bolsonaro sobre IR
19/09/18, 20:49 | ELEIÇÕES - FHC adere ao 'ele não' e sinaliza voto em Haddad no segundo turno
19/09/18, 20:41 | POLÍTICA - Virgílio: Alckmin não é seu candidato e se recusa a recebê-lo em Manaus
19/09/18, 20:24 | PESQUISA - DATA AZ: Wellington supera adversários em terceira pesquisa realizada em todo o Piauí
19/09/18, 16:49 | JULGAMENTO - TSE libera Lula a aparecer no programa de Haddad
19/09/18, 16:41 | ELEIÇÕES - Mulheres convocam ato nacional ‘ele não’ dia 29
19/09/18, 16:16 | CARTA - Lula: 'não julgue avós e mães pobres por um conceito medíocre'
19/09/18, 16:10 | ELEIÇÕES - ‘Presidente precisa de autocontrole’, diz Haddad sobre Ciro
19/09/18, 15:57 | POLÍTICA - “O PT já está no segundo turno”, diz Geraldo Alckmin
19/09/18, 14:52 | ELEIÇÕES 2018 - TRE-DF prepara urnas eletrônicas que serão enviadas ao exterior
19/09/18, 14:44 | EXCEÇÃO - Moro defende sua competência para julgar ação sobre sítio de Atibaia
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site