CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

Um ensaio a Emilly - "Mascarar a verdade" é o mesmo que "mentir"

Na investigação e na persecução de um crime, “mascarar a verdade" é o mesmo que "mentir". Uma das formas de violentar a sociedade

12/01/18, 09:15
Por Miguel Dias Pinheiro, advogado
 
O
infortúnio da garota Emilly Caetano nos faz repensar sobre a banalização da vida, sobre a violência como um problema de saúde pública a partir de mortes por causas e atitudes cruéis.

Na reflexão, Vinícius Webber diz que “vivemos tempos líquidos, leves, como diria Bauman. No mundo líquido as relações sociais relutam em adquirir forma. E a violência vem esvaindo toda possibilidade de uma vida digna. O ser humano vem sendo apequenado em dignidade e se agigantando em maldade”.

O sociólogo polonês Zygmunt Bauman utilizou o conceito de “Modernidade Líquida” (ou “Pós-Modernidade”) como forma de explicar como se processam as relações sociais na atualidade. Autor das obras “Modernidade Líquida”, “Modernidade e Holocausto”, “Amor Líquido” e “Medo Líquido”, para ele “a incerteza é o habitat natural da vida humana – ainda que a esperança de escapar da incerteza seja o motor das atividades humanas. Escapar da incerteza é um ingrediente fundamental, mesmo que apenas tacitamente presumido, de todas e quaisquer imagens compósitas da felicidade. É por isso que a felicidade ‘genuína’ adequada e total sempre parece residir em algum lugar à frente: tal como o horizonte, que recua quando se tenta chegar mais perto dele”.

“Se a violência é contrária ao suporte axiológico maior, que embasa toda lei criada pelo homem para o homem em sua convivência social, por que a violência insiste em se alastrar? Por que a banalização da vida se torna cada dia mais forte?” – indaga Webber.

Na investigação e na persecução de um crime, “mascarar a verdade" é o mesmo que "mentir". Uma das formas de violentar a sociedade. Um inquérito policial ou um processo-crime “mascarado” é inaceitável. Portanto, é inadmissível conviver com um cenário de fragilidade moral, de ausência ética, de dominação pelo banal, pelo fútil, pelo torpe,... Porque, como ensinam as Ciências Penais, “a mentira é uma capa malfeita que os mentirosos no crime criam para vestir a verdade”.

O Direito Penal trás em si uma de suas máximas: “Toda máscara tem um buraco por onde a verdade escapa”. Uma coisa é o direito à não autoincriminação. O autor de um crime não é obrigado a dizer a verdade. Nem a permanecer no local do delito, de dizer onde escondeu a arma, confessar, etc. Outra bem diferente é alterar o cenário do crime, inovar no estado de lugar das coisas e das pessoas para criar artificiosamente outra realidade ocular com a finalidade de induzir outrem em erro.

A mentira, no campo penal, jamais poderá ser interpretada como direito ínsito. Mas, ao contrário, como subterfúgio repudiável ao exercício de uma atividade investigativa ou judicante.

Pedro Reis, em sua obra “Dever de Verdade – Direito de Mentir. História do pensamento jurídico”, diz que “(...) onde o silêncio for útil, não se justifica a mentira, pelo que do direito de calar não decorre um direito de falsear uma declaração”. Para Antônio Pedro Barbas Homem, em “O que é direito?”, “a verdade brilha e guia a nossa liberdade e a nossa vontade; ao passo que a mentira, ao contrário, conduz à escuridão e ao vazio”.

“Não se exige o heroísmo do acusado de dizer a verdade autoincriminadora, ou seja, o comportamento de dizer a verdade não é imposto, mas isso não quer dizer que exista o direito de mentir”, diz Theodomiro Dias Neto, em “O direito ao silêncio: tratamento nos direitos alemão e norte-americano”, Revista Brasileira de Ciências Criminais.

No que tange a possibilidade de alguém manter-se em silêncio sobre a verdade de um crime é uma coisa. Outra é mentir durante os procedimentos investigatórios e de instrução, o que o ordenamento jurídico brasileiro não confere o mesmo tratamento. Ao contrário, estabelece limites.

No processo criminal, desde a investigação até à instrução criminal, invariavelmente, a mentira funciona como tese de defesa. Portanto, a consciência da existência desse mal não justifica uma atitude jurídica omissa, omissa a ponto de permitir que este malefício se propague. É imprescindível ao Judiciário o uso da sensatez, da prudência e da cautela para casos como tais, para averiguar formas intencionais para mascarar a verdade.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/01/18, 10:29 | ESTUDOS - Joca Marques e Madeiro podem ser extintos para que voltem a pertencer a Luzilândia
20/01/18, 10:15 | INVESTIGAÇÕES - Temer diz que não vai sair do poder com fama de ladrão
19/01/18, 16:54 | ILEGALIDADE - PRF flagra ônibus com porta amarrada com corda em Teresina
19/01/18, 16:49 | CARNAVAL - Fundação confirma participação de paredões de som no Corso de Teresina
19/01/18, 16:42 | CRIME - Casal é encontrado morto dentro de casa na zona Norte de Teresina
19/01/18, 16:23 | ENSINO - Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior
19/01/18, 16:19 | ECONOMIA - Brasileiros de todas as classes têm dificuldade para poupar, diz SPC
19/01/18, 15:50 | POLÊMICA - Temer vai gastar mais 30 bilhões para aprovar reforma da previdência
19/01/18, 15:46 | POSIÇÃO - Jurista italiano de renome internacional denuncia parcialidade da Lava Jato
19/01/18, 14:10 | LVANTAMENTO - Número de acidentes e mortes em rodovias federais cai 7,5% em 2017
19/01/18, 14:05 | POLÊMICA - Governo recorre ao STJ para garantir Cristiane Brasil como ministra do Trabalho
19/01/18, 13:48 | BOATO - Pelé nega desmaio e internação divulgados por associação inglesa
19/01/18, 13:22 | SAÚDE - Vacina para febre amarela no PI é exclusiva aos que vão viajar para áreas de risco
18/01/18, 19:14 | POLÊMICA - Dona de dois apartamentos no Leblon, no Rio, filha de ministro do STF recebe auxílio-moradia de R$ 4,3 mil
18/01/18, 18:34 | ENTREVISTA - Temer defende reforma da Previdência no Programa Silvio Santos
18/01/18, 18:31 | RELIGIOSIDADE - Papa Francisco se despede do Chile desejando 'união e paz'
18/01/18, 18:28 | LAVA JATO - Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná
18/01/18, 17:58 | TRIPLEX - Para evitar multidão, julgamento de Lula será transmitido ao vivo
18/01/18, 17:39 | INVESTIGAÇÃO - Saiba o que Temer respondeu à PF sobre a corrupção nos Portos
18/01/18, 17:34 | CONDENAÇÃO - Procurador diz que não vê razão para pedir prisão cautelar de Lula
18/01/18, 16:12 | EDUCAÇÃO - 'Foi muito treino', diz aluna do Piauí nota mil na redação do Enem 2017
18/01/18, 16:00 | ARTIGO - Não derrotemos o Piauí. Derrotemos os desonestos e as promessas vãs!
18/01/18, 15:51 | MUNDO - Editora de rádio francesa diz que Brasil voltou a ser país de bananas, após o golpe
18/01/18, 15:41 | ACUSAÇÃO - Senador do PMDB diz que da cadeia, Cunha indica todo mundo no governo Temer
18/01/18, 13:43 | ARREGIMENTAÇÃO - Movimentos ampliam mobilizações em defesa de Lula e da democracia
18/01/18, 13:39 | POLÍTICA - Artistas fazem ato em defesa de Lula em SP. 'Ele está arrasador', diz Graça Lago
18/01/18, 13:16 | RECURSOS PÚBLICOS - Luzilândia recebe o segundo repasse do FPM nesta sexta-feira
18/01/18, 13:12 | DESCASO - Saneamento corrupto e criminoso na cidade de Luzilândia será investigado
17/01/18, 15:32 | REPÚDIO - Pedido de impeachment de Gilmar Mendes se aproxima dos 2 milhões de assinaturas
17/01/18, 15:29 | POLÍTICA - Honestidade de candidatos será prioridade para 72% nas eleições de 2018, aponta pesquisa
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site