CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Reforma da Previdência transforma aposentadorias em mercadoria

Especialistas contestam mais uma vez o alegado déficit da Previdência, e dizem que proposta do governo Temer atende apenas aos interesses do sistema financeiro

05/12/17, 16:34

O

coordenador de comunicação e educação do Dieese, Fausto Augusto Júnior, afirma que as contas do sistema de Seguridade Social do país – que incluem gastos com saúde, assistência social e aposentadorias – estão "no azul", não registram déficit, e que a proposta de reforma da Previdência defendida pelo governo Temer atende apenas aos interesses dos bancos, que veem no enfraquecimento do sistema público de aposentadorias a possibilidade de expansão dos seus negócios com a venda de planos de previdência privada. 

"A gente já viu isso acontecer. A saúde pública é o melhor exemplo. Quanto pior, mais os planos de saúde lucram. O que a gente está assistindo é novamente transformar um direito em uma mercadoria, que vai ser vendida no mercado", afirmou Fausto à repórter Vanessa Nakasato, para o Seu Jornal, da TVT. 

"Quando você pega esse conjunto de dados da arrecadação e contrapõe o que se gasta nas áreas de saúde, assistência social e Previdência, o que nós temos é um orçamento equilibrado. A Previdência nunca foi pensada para ser financiada só com as contribuições de trabalhadores e empresas. Também foi pensada para ser financiada com contribuições gerais, ou seja, com impostos do conjunto da sociedade", acrescentou. 

Dados da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco) mostram que, em 2015, por exemplo, as contas do sistema de Seguridade Social registraram superávit de R$ 11 bilhões. O problema é que o governo retira parte desses recursos e aplica em outras áreas, por meio da chamada Desvinculação das Receitas da União (DRU), como explica o professor de Direito Previdenciário da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) Miguel Horvath Júnior: 

"Muitas vezes, a União precisa de recursos para cumprir outras finalidades, e faltam recursos. A forma que historicamente se enxergou para suprir de certa maneira essa insuficiência foi a centralização das receitas da União. Pegar 20% desses orçamentos federais e utilizar para o cumprimento de atividades próprias do Estado, mas não para aquelas que tinham sido destinadas originalmente."

Eles destacam ainda que mais urgente do que rever os critérios de acesso às aposentadorias seria uma proposta de reforma tributária, que reduzisse a carga de impostos sobre o consumo – que acaba por recair mais fortemente sobre os mais pobres – e aumentasse a tributação sobre patrimônios e rendimentos, afetando que pode pagar mais.

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/12/17, 19:21 | PALESTRA - Ministro do STF diz que há uma imensa demanda no Brasil por integridade
15/12/17, 14:57 | DECISÃO - Juiz suspende efeito de MP de Temer que reajusta contribuição previdenciária de 11% para 14%
15/12/17, 14:53 | DENÚNCIA - Gilmar Mendes e Joesley tinham “parceria comercial e convivência amigável”, diz Revista Veja
15/12/17, 14:34 | IBGE - Mais de 25% dos brasileiros vive com menos de R$ 387 por mês
15/12/17, 14:18 | POLÍTICA - Alckmin e Bolsonaro têm desempenho igual e perdem para Lula no 2º turno
15/12/17, 14:12 | DADOS - IBGE: 50 milhões de brasileiros vivem na linha de pobreza
15/12/17, 13:59 | EDUCAÇÃO - Base Nacional Comum Curricular (BNCC) dos ensinos infantil e fundamental é aprovada
15/12/17, 13:54 | CRIMES - José Serra e Aloysio Nunes estão perto de se livrar de investigação de propinas
14/12/17, 21:19 | FESTIVIDADES - Luzilândia promove festividades de fim de ano com o 'Natal Luz: Um céu de Luz e Paz'
14/12/17, 18:43 | CRIME - Pai é condenado a 13 anos de prisão por estuprar a filha de três anos em Teresina
14/12/17, 18:36 | CRIME - Gari atingido com cinco tiros durante o trabalho em Teresina retoma movimentos
14/12/17, 18:22 | ONG OXFAM - Políticas de Temer atrasam o país e ampliam desigualdades, diz estudo
14/12/17, 16:21 | DESCASO - UPA usa carro de passeio para transferir idoso com perna fraturada em Teresina
14/12/17, 15:33 | POLÊMICA - Rodrigo Maia anuncia votação da reforma da Previdência em fevereiro na Câmara
14/12/17, 14:47 | QUALIFICA TUR - Teresina certifica turmas de quatro cursos de qualificação em turismo
14/12/17, 14:44 | CAMPANHA - Ponte Estaiada de Teresina recebe iluminação vermelha na luta contra Aids
14/12/17, 14:38 | ENSINO - Alunos de 13 escolas de Teresina participam de Torneio de Xadrez
14/12/17, 13:23 | VIOLÊNCIA - Passageiros sofrem fraturas ao tentar fugir de assalto em ônibus em Teresina
14/12/17, 13:01 | LUTO - Primeira mulher a ingressar no Ministério Público morre aos 105 anos
14/12/17, 12:54 | SHOW - Chico diz que saída de Temer 'é pouco' em estreia de 'Caravanas'
14/12/17, 11:37 | POLÍTICA - Povo reconhece o preparo de Jaqkeline Aguiar para governar Luzilândia
13/12/17, 21:28 | DECISÃO - Reforma Trabalhista de Temer faz sua primeira vítima: ex-funcionária é condenada a pagar R$ 67 mil
13/12/17, 18:53 | INCONSTITUCIONALIDADE - Auditores entram com representação contra Temer no STF
13/12/17, 18:30 | ARTIGO - A equidade nos julgamentos justos
13/12/17, 17:25 | FIM DE ANO - Papai Noel é alvo de pedradas de crianças ao ficar sem balas em SP
13/12/17, 17:08 | CELEBRIDADE - Jaque Khury posta foto de biquíni e desabafa: "Peso não é referência"
13/12/17, 17:02 | POLÊMICA - Congresso derruba veto de Temer a limite de autofinanciamento e barra campanha milionária
13/12/17, 16:50 | TRANSPARÊNCIA - Tribunais ignoram determinação do CNJ e não divulgam salários de magistrados
13/12/17, 16:45 | HISTÓRIA - Há 49 anos, ditadura decretava o AI-5 inaugurando o terror como política
13/12/17, 16:31 | ENSINO - Professora faz campanha em Teresina e garante formatura para mais de 50 alunos
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site