CBN - A rádio que toca notícia

PESQUISA

Reprovação de Doria triplica e iguala à de Haddad, aponta Datafolha

De acordo com o Datafolha, a reprovação de Doria é maior entre a população mais pobre (44%), feminina (44%), formada por pessoas entre 35 e 44 anos (44%) e com ensino médio completo (41%)

05/12/17, 11:35

A

reprovação do prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) chegou a 39%, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, 5. O número negativo é três vezes maior que o registrado em fevereiro, quando apenas 10% dos paulistanos avaliavam a gestão tucana como ruim ou péssima.

Com 11 meses de Prefeitura, Doria alcançou o mesmo nível de reprovação do primeiro ano da gestão anterior, do ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que também era de 39%.

A pesquisa apontou, ainda, que 70% dos moradores consideram que o prefeito fez menos "do que se esperava", número que era de 64% em outubro. Outros 17% consideram que ele fez "o que se esperava", enquanto 10% declararam que Doria atuou acima das expectativas.

A pesquisa ouviu 1.085 moradores e tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Nas gestões anteriores, o primeiro ano de mandato de Gilberto Kassab (hoje no PSD) teve reprovação de 27%, enquanto o número foi de 23% na gestão José Serra (PSDB), de 34% na de Marta Suplicy (hoje no PMDB), de 42% na de Celso Pitta (PP) e de 41% na de Paulo Maluf (PP).

Perfil

De acordo com o Datafolha, a reprovação de Doria é maior entre a população mais pobre (44%), feminina (44%), formada por pessoas entre 35 e 44 anos (44%) e com ensino médio completo (41%). Já a aprovação ao prefeito é maior entre os moradores de alta renda (45%), homens (32%), jovens entre 16 e 24% (32%) e com formação no ensino superior (33%).

Realizada entre os dias 28 e 30 de novembro, a pesquisa apontou ainda que 29% da população consideram a gestão de Doria ótima ou boa, enquanto 31% dos paulistanos a avaliam como regular e 1% não soube responder. Nos levantamentos anteriores, a reprovação do tucano começou em 10% (em fevereiro), dobrou para 20% (abril), aumentou para 22% (junho) e 26% (outubro) e, por fim, chegou a 39% no fim de novembro.

Fonte: JL/Estado de Minas
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/18, 21:14 | POLÊMICA - Comissão de senadores vai fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro
21/02/18, 17:37 | POLÊMICA - STF julgará em março validade do auxílio-moradia para juízes
21/02/18, 17:34 | DECISÃO - Prisão domiciliar a mulheres grávidas é bem-vinda, diz especialista
21/02/18, 17:31 | STF - Celso de Mello defende que plenário discuta prisão após segunda instância
21/02/18, 16:58 | ECONOMIA - Meirelles: Governo prepara novo empréstimo de R$ 1 bi ao Rio
21/02/18, 16:48 | STF - Ministro diz que intervenção não resolve problema de segurança
21/02/18, 16:45 | CRIME - Subcomandante de UPP é assassinado em lanchonete no Rio
21/02/18, 15:25 | DADOS - Brasil cai 17 posições em ranking global de corrupção e tem pior situação em 5 anos
21/02/18, 15:17 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Ouvidoria Nacional do CNMP apresenta relatório das atividades de 2017
21/02/18, 14:10 | POLÍTICA - Arthur Virgílio fala em armação e ameaça abandonar prévias do PSDB
21/02/18, 14:04 | POLÊMICA - Para MPF, intervenção no Rio é duvidosa e decreto viola leis
21/02/18, 13:34 | ELEIÇÕES 2018 - Temer “já é candidato”, diz marqueteiro do presidente: “Jogou tudo na intervenção”
21/02/18, 13:17 | DECISÃO - Juiz flagrado dirigindo Porsche de Eike Batista é condenado a 52 anos prisão
21/02/18, 12:46 | POLÊMICA - Universidade de Brasília cria disciplina sobre ‘golpe de 2016’ dado por Temer
21/02/18, 11:46 | ARTIGO - INTERVENÇÃO FEDERAL – “Busca e Apreensão Itinerante” e não “Mandado Coletivo”
21/02/18, 11:32 | OPINIÃO - LEIA O ARTIGO - HC: direito do Lula
20/02/18, 21:02 | DISCURSO - Senador se diz arrependido e pede desculpas a Dilma por ter votado a favor do impeachment
20/02/18, 20:59 | REAÇÃO - Maia diz que governo desrespeita Parlamento com pauta econômica: “Café velho e frio”
20/02/18, 20:50 | POLÊMICA - Intervenção no Rio de Janeiro vai terminar em tragédia, diz o jurista Pedro Serrano
20/02/18, 20:43 | JUDICÁRIO - STF concede prisão domiciliar a presas grávidas ou com filhos de até 12 anos
20/02/18, 20:37 | LAVA JATO - STJ manda soltar irmãos Wesley e Joesley Batista
20/02/18, 15:48 | LAVA JATO - Irmãos Batista da JBS querem delatar membros do Judiciário
20/02/18, 15:40 | JULGAMENTO - Turma do STF envia ao plenário ações sobre condenação em segunda instância
20/02/18, 15:13 | PRONTA RESPOSTA - Planalto pede ajuda a todas áreas do governo para Temer dar entrevistas
20/02/18, 15:09 | POLÊMICA - OAB-SE diz que intervenção no Rio de Janeiro é inconstitucional
20/02/18, 15:07 | ECONOMIA - Tempo médio de desemprego já dura 1 ano e 2 meses, diz pesquisa
20/02/18, 14:01 | ENTREVISTA - Aposentadoria de mulheres e jovens são as mais ameaçadas pela reforma
20/02/18, 13:02 | HISTÓRIA - Honestílio Dias Neto acumula curriculum com Quinto Concurso Público Federal
20/02/18, 11:44 | PARLAMENTO - Câmara dos Deputados afasta Paulo Maluf do exercício do mandato e convoca suplente
20/02/18, 11:38 | POLÊMICA - Trabalhadores comemoram suspensão de reforma, mas vão continuar mobilizados
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site