CBN - A rádio que toca notícia

IMPASSE

Procuradores da Lava Jato contestam decisão de Gilmar de soltar Barata

Procuradora-geral da República, Raquel Dodge deve se pronunciar, nesta segunda-feira (4), sobre se questiona ou não a concessão de habeas corpus dada pelo ministro do Supremo

04/12/17, 11:37

P

rocuradores da Lava Jato no Rio consideram que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), extrapolou competência ao conceder habeas corpus, na última sexta-feira (1º), ao empresário Jacob Barata Filho, dono e sócio de várias empresas de ônibus no Rio, e ao ex-presidente da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Rio de Janeiro (Fetranspor), Lélis Marcos Teixeira.

Barata e Lelis foram presos no dia 14 de novembro, no âmbito da Operação Cadeia Velha, um desdobramento da Lava Jato, que investiga o pagamento de propinas pelas empresas de transporte a políticos.

Para os integrantes do Ministério Público, conforme informações de O Globo, caberia ao ministro Dias Toffoli decidir sobre as investigações dessa operação.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deve se pronunciar, nesta segunda-feira (4), sobre se questiona ou não a decisão de Gilmar Mendes. Ontem, uma equipe da PGR analisava o caso.

Esta é a terceira vez que o ministro concede liberdade a Barata, de quem foi padrinho de casamento da filha, em 2013. Ele considerou que as ordens de prisão preventiva, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) e da 7ª Vara Federal Criminal, estavam confrontando habeas corpus que já havia sido deferido anteriormente, por ele mesmo, a Barata.

“Tenho que a decisão do juízo de origem sugere o propósito de contornar a decisão do STF. Dado o contexto, é viável conceder ordem de ofício, suspendendo a execução de ambos os decretos de prisão em desfavor do paciente. Tenho que o contexto impõe a desconstituição da decisão que decretou a nova prisão preventiva. Ante o exposto, revogo a prisão preventiva decretada”, escreveu o ministro em sua decisão sobre Barata, praticamente repetindo o argumento na decisão de Lélis.

Os procuradores contestaram. "A decisão do TRF-2 não tem nada a ver com a decisão do juiz Bretas. É uma decisão baseada em outros fatos. E o eixo de competência da Cadeia Velha começa no TRF-2; no STJ, vai para o ministro Felix Fischer; e, no STF, ficou prevento o ministro Toffoli, tanto que, dias antes, ele tinha negado habeas corpus para os deputados Picciani e Paulo Melo. A decisão do ministro Gilmar surpreende não só porque ele revoga uma decisão do TRF-2 para o qual ele não é competente, como também porque ele, simplesmente, passa por cima da competência do ministro Felix Fischer. Esse salto, pulando não só o STJ, mas indo para um ministro que não é o prevento, surpreende e indica que essa decisão precisa ser revista", afirma a procuradora regional da República no Rio, Silvana Batini, que atua na Cadeia Velha.

Gilmar Mendes ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/18, 21:14 | POLÊMICA - Comissão de senadores vai fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro
21/02/18, 17:37 | POLÊMICA - STF julgará em março validade do auxílio-moradia para juízes
21/02/18, 17:34 | DECISÃO - Prisão domiciliar a mulheres grávidas é bem-vinda, diz especialista
21/02/18, 17:31 | STF - Celso de Mello defende que plenário discuta prisão após segunda instância
21/02/18, 16:58 | ECONOMIA - Meirelles: Governo prepara novo empréstimo de R$ 1 bi ao Rio
21/02/18, 16:48 | STF - Ministro diz que intervenção não resolve problema de segurança
21/02/18, 16:45 | CRIME - Subcomandante de UPP é assassinado em lanchonete no Rio
21/02/18, 15:25 | DADOS - Brasil cai 17 posições em ranking global de corrupção e tem pior situação em 5 anos
21/02/18, 15:17 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Ouvidoria Nacional do CNMP apresenta relatório das atividades de 2017
21/02/18, 14:10 | POLÍTICA - Arthur Virgílio fala em armação e ameaça abandonar prévias do PSDB
21/02/18, 14:04 | POLÊMICA - Para MPF, intervenção no Rio é duvidosa e decreto viola leis
21/02/18, 13:34 | ELEIÇÕES 2018 - Temer “já é candidato”, diz marqueteiro do presidente: “Jogou tudo na intervenção”
21/02/18, 13:17 | DECISÃO - Juiz flagrado dirigindo Porsche de Eike Batista é condenado a 52 anos prisão
21/02/18, 12:46 | POLÊMICA - Universidade de Brasília cria disciplina sobre ‘golpe de 2016’ dado por Temer
21/02/18, 11:46 | ARTIGO - INTERVENÇÃO FEDERAL – “Busca e Apreensão Itinerante” e não “Mandado Coletivo”
21/02/18, 11:32 | OPINIÃO - LEIA O ARTIGO - HC: direito do Lula
20/02/18, 21:02 | DISCURSO - Senador se diz arrependido e pede desculpas a Dilma por ter votado a favor do impeachment
20/02/18, 20:59 | REAÇÃO - Maia diz que governo desrespeita Parlamento com pauta econômica: “Café velho e frio”
20/02/18, 20:50 | POLÊMICA - Intervenção no Rio de Janeiro vai terminar em tragédia, diz o jurista Pedro Serrano
20/02/18, 20:43 | JUDICÁRIO - STF concede prisão domiciliar a presas grávidas ou com filhos de até 12 anos
20/02/18, 20:37 | LAVA JATO - STJ manda soltar irmãos Wesley e Joesley Batista
20/02/18, 15:48 | LAVA JATO - Irmãos Batista da JBS querem delatar membros do Judiciário
20/02/18, 15:40 | JULGAMENTO - Turma do STF envia ao plenário ações sobre condenação em segunda instância
20/02/18, 15:13 | PRONTA RESPOSTA - Planalto pede ajuda a todas áreas do governo para Temer dar entrevistas
20/02/18, 15:09 | POLÊMICA - OAB-SE diz que intervenção no Rio de Janeiro é inconstitucional
20/02/18, 15:07 | ECONOMIA - Tempo médio de desemprego já dura 1 ano e 2 meses, diz pesquisa
20/02/18, 14:01 | ENTREVISTA - Aposentadoria de mulheres e jovens são as mais ameaçadas pela reforma
20/02/18, 13:02 | HISTÓRIA - Honestílio Dias Neto acumula curriculum com Quinto Concurso Público Federal
20/02/18, 11:44 | PARLAMENTO - Câmara dos Deputados afasta Paulo Maluf do exercício do mandato e convoca suplente
20/02/18, 11:38 | POLÊMICA - Trabalhadores comemoram suspensão de reforma, mas vão continuar mobilizados
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site