CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

PF e MPF cumprem busca e apreensão em apartamentos e fazenda de Aécio

Além do senador, são alvos a irmã dele, Andrea Neves, e Altair Alves, apontado como braço direito de Cunha. Operação teve início após a delação do dono da JBS, que entregou uma gravação de Aécio pedindo a ele R$ 2 milhões

18/05/17, 07:19

A

gentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal realizam operação da força-tarefa da Lava Jato desde o início da manhã desta quinta-feira (18), no Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Federal, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), estão sendo cumpridos um mandado de prisão contra Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves, além de mandados de busca a apreensão nos apartamentos do senador, da irmã dele e de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito do deputado Eduardo Cunha.

Por volta das 6h15, pelo menos 5 carros descaracterizados da Polícia Federal chegaram à chapelaria do Congresso, em Brasília, que é a principal entrada e a mais utilizada pelos parlamentares. No Congresso, as buscas são feitas nos gabinetes de Aécio, do também senador Zeze Perrella (PMDB-MG) e do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Um procurador da República foi preso e há mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha. A PF também faz buscas no Tribunal Superior Eleitoral, onde atua o procurador da República preso.

Apartamento de Aécio Neves é alvo de busca e apreensão

Equipes começaram a deixar a sede da PF, na Zona Portuária do Rio, por volta das 5h30. Os carros com agentes foram par três endereços: em Ipanema, na casa de Aécio; em Copacabana, onde a irmã tem apartamento; e na Tijuca, casa de Altair.

Em Ipanema, um chaveiro foi chamado para auxiliar o trabalho dos agentes, já que ninguém foi encontrado para abrir a porta no apartamento de Aécio. O senador já responde a seis inquéritos no Supremo Tribunal Federal. Por volta das 6h25, os agentes conseguiram entrar no apartamento após acionar um chaveiro para abrir a porta. O funcionário de um hotel que fica ao lado do edifício foi chamado para servir de testemunha.

O G1 tentou ligar para uma assessora de Aécio Neves, mas o telefone estava desligado.

Chaveiro é chamado para abrir apartamentos de Aécio e irmã

Pouco antes das 6h, os agentes chegaram na casa de Altair, na Rua Conselheiro Olegário, número 20, na Grande Tijuca, Zona Norte do Rio. Os policiais pretendem cumprir mandado de busca e apreensão no local.

Altair já trabalhou no gabinete do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e também no gabinete de outros deputados ligados ao ex-presidente da Câmara. Ele já foi apontado por Fernando Baiano por ser o responsável por transportar propinas para Cunha. Os agentes também chamaram um chaveiro para abrir a porta do imóvel, mas até as 7h ainda não havia informações se os agentes encontraram alguém no imóvel.

Delação da JBS

A operação teria tido início após a delação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, que entregou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma gravação do senador Aécio Neves pedindo a ele R$ 2 milhões. No áudio, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. A informação foi divulgada pelo jornal "O Globo" na quarta-feira (17).

A entrega do dinheiro foi feita a Frederico Pacheco de Medeiros, primo de Aécio, que foi diretor da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014.

Em nota, a assessoria de imprensa de Aécio Neves afirmou que o senador "está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos".

"No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários", diz o texto.

A Polícia Federal está cumprindo na manhã desta sexta-feira mandado de busca e apreensão na fazenda do senador Aécio Neves no município de Cláudio, interior de Minas Gerais. Também há uma equipe da PF em outra fazenda em Cláudio, esta pertencente a Frederico Pacheco de Medeiros. Primo e homem de confiança de Aécio, Frederico é apontado como responsável por receber R$ 2 milhões dos donos da JBS a pedido do tucano, como O GLOBO mostrou na quarta-feira.

Há ainda outros mandados em curso com foco em Aécio — um deles no apartamento de Ipanema, no Rio, e outro em Copacabana, na casa da irmã do senador, Andrea Neves. Segundo o colunista Lauro Jardim, Andrea está em Londres. A PF ainda bate à porta dos imóveis e gabinete de Aécio em Belo Horizonte e Brasília.

Uma viatura com quatro policiais chegou à Fazenda da Mata, de Aécio, ao amanhecer, e está recolhendo documentos que possam ajudar nas investigações sobre o senador. O mandado foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal.

A Fazenda da Mata fica próxima ao aeródromo de Cláudio, em outra propriedade da família do senador, e sobre o qual pesa contra Aécio a acusação de tê-lo transformado em um aeroporto particular, inclusive promovendo investimentos quando era governador de Minas Gerais.

O presidente dos tucanos foi gravado pedindo R$ 2 milhões a empresário para supostamente custear os advogados de defesa na Lava-Jato.

Em nota, o senador afirmou que que relação com Joesley Batista era "estritamente pessoal" e sem envolvimento com o setor público. O parlamentar afirma ainda estar tranquilo em relação aos seus atos.

Fonte: JL/OGlobo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/08/17, 17:33 | ECONOMIA - Pelo terceiro ano seguido, desemprego é a principal causa da inadimplência
22/08/17, 17:28 | TERROR - Barcelona: 2 terroristas têm prisão preventiva; 1 fica em liberdade
22/08/17, 17:25 | CORRUPÇÃO - Collor vira réu em processo da Lava Jato no Supremo Tribunal
22/08/17, 16:55 | POLÊMICA - Mãe de Miss Brasil diz que comentários racistas não vão calar a filha
22/08/17, 11:29 | SISTEMA - Na mira de Temer, projetos sobre semipresidencialismo tramitam no Congresso
22/08/17, 11:25 | CORRUPÇÃO - Funaro fecha acordo de delação premiada com a Lava Jato
22/08/17, 11:15 | FUTEBOL - Fox Sports fecha acordo para transmitir Copa do Mundo da Rússia
22/08/17, 11:10 | VIOLÊNCIA ESCOLAR - Professora de SC é agredida por aluno após expulsá-lo de sala: ‘Dilacerada’
22/08/17, 11:05 | POLÊMICA - Janot vê ‘múltiplas causas’ para a suspeição de Gilmar no caso do ‘rei do ônibus’
22/08/17, 11:01 | POLÍTICA - Temer é o pior cabo eleitoral do país, aponta Paraná Pesquisas
22/08/17, 09:27 | CELEBRIDADE - Novo clipe de Anitta terá paredão de bumbuns
22/08/17, 08:40 | ECONOMIA - Inadimplência atinge 59,4 milhões de brasileiros, aponta pesquisa
22/08/17, 08:30 | FENÔMENO - Eclipse total do sol deixa cidades norte-americanas no escuro
21/08/17, 17:54 | CRIMINALIDADE - Adolescente é apreendido suspeito de estuprar prima de 12 anos em Teresina
21/08/17, 17:49 | VIOLÊNCIA - Idoso é morto na porta de casa ao ser testemunha de assalto em Teresina
21/08/17, 17:43 | VIOLÊNCIA - Grávida de gêmeos é morta a facadas e pedradas em Teresina
21/08/17, 17:20 | ESPORTE - Milton Mendes não resiste a má fase e é demitido do Vasco
21/08/17, 17:17 | POLÊMICA - Eunício Oliveira critica volta de doações de empresas a candidatos
21/08/17, 17:12 | POLÍTICA - Alckmin sobe o tom contra governo Temer: 'Não cumpre nada, nada'
21/08/17, 16:54 | INVESTIGAÇÃO - OPERAÇÃO ZELOTES: Romero Jucá é denunciado por corrupção
21/08/17, 12:35 | ECONOMIA - Ministro diz que são falsas notícias de que salário mínimo será reduzido
21/08/17, 12:26 | EDUCAÇÃO - Escolas já podem escolher livros didáticos que serão utilizados no ano que vem
21/08/17, 12:16 | PROTESTOS - Gilmar Mendes leva vaia ao defender semipresidencialismo em evento
21/08/17, 11:53 | VIOLÊNCIA - Soldado recruta do Exército é preso por suspeita de vazar informações para traficantes sobre operações no RJ
21/08/17, 11:45 | CRIME - Delegado mata a mulher juíza e depois comete suicídio, em SP
21/08/17, 11:21 | ELEIÇÕES 2018 - Siglas e candidatos buscam apoio para turbinar votações
21/08/17, 11:17 | PARTIDO - Reunião com Aécio prova que Temer quer fazer 'intervenção' no PSDB
21/08/17, 10:23 | PARLAMENTO - Câmara analisa nesta semana PEC que cria distritão e financiamento público
21/08/17, 10:01 | INTERNACIONAL - Balanço dos atentados na Espanha sobe para 15 mortos
21/08/17, 09:49 | POLÍTICA - Tucanos ameaçam deixar PSDB caso Tasso permaneça na presidência
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site