CBN - A rádio que toca notícia

OPINIÃO

INVASÃO NORTE-AMERICANA: 600.000 perderam a vida no Iraque

28/09/07, 09:12
MAS NÃO SE MATAM IDÉIAS

Fidel Castro
 
Tempos atrás, olhando quanto será gasto para a construção de três submarinos Astute (submarinos nucleares ingleses, de ataque), eu disse que com esse dinheiro poderiam ser formados 75.000 médicos e ser atendidas 150 milhões de pessoas, supondo ainda que o custo de formar um médico fosse um terço do que custa nos Estados Unidos.

Agora, continuando o mesmo cálculo, me pergunto quantos médicos poderiam ser formados com os 100 bilhões de dólares que, em um único ano, caem nas mãos de Bush para seguir cobrindo de luto lares iraquianos e norte-americanos. Resposta: 999.990 médicos, que poderiam atender aos 2 bilhões de pessoas que hoje não recebem atendimento nenhum.

Mais de 600.000 pessoas perderam a vida no Iraque e mais de dois milhões viram-se obrigadas a emigrar, desde o início da invasão norte-americana. Nos Estados Unidos mesmo, perto de 50 milhões de pessoas não têm seguro-saúde. A lei cega do mercado rege essa prestação de serviço vital, e os preços se tornam inacessíveis para muitas pessoas mesmo nos países desenvolvidos.

Os países menos desenvolvidos e com mais doenças dispõem de menor quantidade de médicos. Quando surgem novas doenças contagiosas como a Aids, que em apenas vinte anos vitimou milhões de pessoas e faz sofrer dezenas de milhões, entre elas muitas mães e crianças, e para a qual já existem paliativos, o preço dos medicamentos por pessoa pode chegar a 5.000, 10.000 ou até 15.000 dólares por ano. São valores inimagináveis para a grande maioria dos países do Terceiro Mundo, onde os poucos hospitais públicos vivem superlotados de doentes, que morrem amontoados como animais quando ocorre uma epidemia imprevista.

Talvez, se essas realidades fossem examinadas cuidadosamente, houvesse uma maior compreensão da tragédia. Não se trata de fazer campanhas publicitárias, que requerem muito dinheiro e tecnologia. Some-se à fome de que padecem centenas de milhões de seres humanos a idéia de converter os alimentos em combustíveis, procure-se um símbolo para isso e o resultado será George W. Bush.

Perguntado por uma personalidade importante sobre sua política em relação a Cuba, a resposta dele foi: “Sou um presidente linha dura e só estou à espera da morte de Castro”. Os desejos de tão poderoso cavalheiro não constituem nenhum privilégio. Não sou o primeiro nem seria o último que Bush ordenou matar, ou daqueles que ele se propõe continuar matando de maneira individual ou em massa.

“As idéias não se matam!”, exclamou Sarría, o tenente negro que comandava a patrulha do exército de Batista que – após nossa tentativa de tomar o Quartel Moncada – nos prendeu quando três de nós dormíamos numa pequena cabana das montanhas, esgotados pelo esforço feito para romper o cerco. Os soldados, cheios de ódio e de adrenalina, apontavam as armas para mim, mesmo sem terem ainda me identificado. “As idéias não se matam”, ficou repetindo automaticamente, já quase em voz baixa, o tenente negro.

Dedico-lhe essas magníficas palavras, senhor W. Bush (in Caros Amigos).
Fonte: JL/Edivan Batista
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/05/19, 20:13 | CRISE PROFUNDA - Jornal O Globo sentencia: Bolsonaro é ameaça à Educação brasileira
19/05/19, 19:30 | POLÍTICA - Deputadas do PSL brigam pelo Twitter e expõem divisão no partido
19/05/19, 19:26 | POLÍTICA - Crítico à base bolsonarista, MBL quer criar partido para 2022
19/05/19, 19:21 | SAÚDE - Novo pacote antidrogas facilita internação involuntária e fortalece clínicas
19/05/19, 19:00 | REFORMA - Relatório final da Reforma da `Previdência será apresentado em 15 dias
19/05/19, 18:56 | POLÍTICA - Janaina Paschoal se diz contra manifestação de apoio a Bolsonaro
19/05/19, 18:36 | POLÍTICA - 'Anunciar o caos recai na própria cabeça', diz FHC sobre Bolsonaro
19/05/19, 14:08 | POLÊMICA - “Avisei meus seguranças: o Sistema vai me matar”, escreveu Bolsonaro em grupos de WhatsApp
19/05/19, 13:55 | CRISE - A batalha pela Educação e a primeira derrota de Bolsonaro nas ruas
19/05/19, 11:25 | ENTREVISTA - Mães de Maio, 13 anos depois: ‘Moro é o ministro da morte’
19/05/19, 11:20 | OPINIÃO - Deslumbrados na República
18/05/19, 21:14 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Justiça determina acesso a notas fiscais de compras feitas por Flávio e Queiroz
18/05/19, 21:08 | ANÁLISE - Governo perdeu 'momento mágico', avaliam economistas
18/05/19, 20:52 | EVENTO - Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa
18/05/19, 20:48 | ENTREVISTA - Janaína Paschoal: Bolsonaro “precisa parar com tanta xaropada e focar no trabalho”
18/05/19, 20:36 | INVESTIGAÇÃO - Sem se intimidar, Justiça amplia devassa nas contas de Flávio Bolsonaro
18/05/19, 15:33 | SAÚDE - Hipertensão atinge 24,7% dos moradores de capitais brasileiras
18/05/19, 15:30 | SAÚDE - Pacientes com transtorno mental têm direito a tratamento humanizado
18/05/19, 15:25 | JUDICIÁRIO - Paciente que precisa de remédios caros entra em pauta no STF
18/05/19, 14:10 | CULTURA - Virada Cultural tem 24h de shows, teatro e dança por toda São Paulo
18/05/19, 14:00 | CONFUSÃO - Depois da educação, governo Bolsonaro mira na saúde pública
18/05/19, 13:09 | OPINIÃO - O mercado e a Globo já decidiram: vão trocar o capitão pelo general
18/05/19, 13:01 | POLÍTICA - O governo Bolsonaro se aproxima da hora da verdade, por Luis Nassif
18/05/19, 12:53 | INVESTIGAÇÃO - Facebook identifica empresa israelense que espalhou fakenews nas eleições brasileiras
18/05/19, 12:49 | POLÍTICA - Bolsonaro concede anistia a partidos que não cumpriram cota mínima para mulheres
18/05/19, 12:29 | OPINIÃO - Para cair, basta ruir
17/05/19, 21:22 | POSTURA - Câmara e Senado decidem substituir o presidente Bolsonaro com ações para aquecer a economia
17/05/19, 21:02 | CÂMARA DOS DEPUTADOS - Capitalização é foco de críticas em audiência sobre Previdência
17/05/19, 20:56 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Coaf aponta que Queiroz fez saques de R$ 661 mil em 18 meses
17/05/19, 20:45 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Apuração sobre Flávio pode avançar sobre milícia, PSL e primeira-dama
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site