CBN - A rádio que toca notícia

OPINIÃO

NÃO QUER CALAR: Um avião derrubou o Brasil?

02/08/07, 12:56

As coisas são o que realmente acontecem ou o que é publicado?

Pela leitura dos jornais ou dos noticiários a impressão que fica é que tudo no Brasil gira em torno do desastre com o avião da TAM e as revelações da caixa preta (que é laranja).

O tempo deu uma trégua: o mês de julho de 2007 foi o mais chuvoso dos últimos anos, teve os dias mais frios, etc. mas o mês de agosto começa mais tranquilo, permitindo os ajustes dos voos. Falta fechar a estatística do mês do movimento aéreo para se ter uma idéia melhor do impacto da tragédia no setor.

"La nave va" ou depois de Fellini, Ingmar Bergman e Antonionni se foram, para nostalgia de velhas gerações. Para os quais esses "monstros do cinema" não tiveram sucessores à altura.

As empresas continuam funcionando, mas a frequência a eventos nacionais ou internacionais sofreram baques. O turismo está se ajustando a uma grande perda de demanda. A crise afeta diferentemente os setores da economia, que no conjunto, mostra indicadores de que continua indo bem.

O avião da TAM não derrubou o Brasil. O que pode estar "derrubando" o mercado brasileiro é o pouso norte americano, um tanto quando turbulento.

A CBF apresentou o caderno de encargos à FIFA para a realização da Copa do Mundo em 2014, e ai se percebe que 2014 está logo ai. A ampliação aeroportuária estará pronta antes de 2014? O trem bala Rio-São Paulo ou o expresso aeroporto estará pronto?

O compromisso do Brasil em sediar a Copa do Mundo em 2014 faz com que metas de investimentos em infra-estrutura tenham prazos inadiáveis.

Um momento inadiável obriga a fazer contagens regressivas. Até julho de 2013 os estádios devem estar prontos. O acesso aos mesmos também. Começarão os torneios prévios. Os ajustes terão que ser feitos, para que tudo esteja em ordem em julho de 2014.

Dois serão os setores mais críticos: o aéreo e o energético. Não pode pairar o mínimo risco de "apagões" nesses dois setores, em 2014.

Dependendo da composição dos paises que virão à Copa e os locais dos jogos, a malha rodoviária será importante. E se às finais chegaram paises do Mercosul, a "invasão" deles será via rodoviária. Os principais eixos estão no segundo lote das concessões, cujos editais liberados inicialmente pelo TCU em 2002 foram recolhidos e somente liberados novamente agora em 2007. Nesse ritimo, elas não estarão prontas em 2014. Poderá ser uma estratégia para conter os argentinos numa eventual final contra o Brasil, em Brasília (mais longe ainda que São Paulo ou Rio de Buenos Aires).

Alguns argumentarão que o Brasil não poderá ter o seu futuro atrelado a um evento esportivo. Outros poderáo ver a grande oportunidade para preparar o Brasil para a "virada". Mostrar ao mundo que já se transformou numa economia desenvolvida. Não mais uma economia emergente, mas emergida.

E como está o Governo diante disso?

O avião da TAM pode não ter derrubado o país, mas "derrubou" o Governo que está desnorteado, mais preocupado em achar os culpados do que dar as soluções mais adequadas.

No início do ano lançou o PAC - Programa de Aceleração do Crescimento, prometendo eliminar as travas ao crescimento econômico, com um orçamento de mais de 500 bilhões de reais e uma avaliação transparente trimestralmente.

A prmeira feita em abril atendeu ao compromisso, mas julho acabou e o balanço do segundo trimestre ainda não foi apresentado.

A trava mais alardeada era a licença ambiental das Usinas do Madeira. Essa teria sido rompida, mas aberta uma porteira, logo se vê que existem várias outras na sequência a serem ultrapassadas.

Os riscos de "apagões" não estão superados.

Com a indicação das dezoito cidades postulantes a sediar os jogos (dentro do previsto) as delegações da FIFA virão para fazer as inspeções. Limitar-se-ão aos estádios e às infra-estruturas do entorno? Ou farão verificações mais amplas? Poderão confirar nas promessas do PAC?

Qual será o relatório deles se forem afetados por "apagões aéreos"?

Provavelmente, a CBF e os seus patrocinadores, colocarão à disposição deles, jatos executivos para evitar os vexames.

"Nunca dantes neste país" a idéia de que o futuro se decide e se faz no presente, estará tão forte, desde que Ricardo Teixeira, devidamente acompanhado de Paulo Coelho e Romário, se comprometeu - em nome do Brasil - com Blatter a preparar o Brasil para 2014.

Reiteramos, o compromisso não é de ter estádios preparados. É um compromisso de ter o Brasil preparado.

"Combinaram com os russos (oops, com os brasileiros)"?

Fonte: JL/Jorge Hori
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/05/19, 20:13 | CRISE PROFUNDA - Jornal O Globo sentencia: Bolsonaro é ameaça à Educação brasileira
19/05/19, 19:30 | POLÍTICA - Deputadas do PSL brigam pelo Twitter e expõem divisão no partido
19/05/19, 19:26 | POLÍTICA - Crítico à base bolsonarista, MBL quer criar partido para 2022
19/05/19, 19:21 | SAÚDE - Novo pacote antidrogas facilita internação involuntária e fortalece clínicas
19/05/19, 19:00 | REFORMA - Relatório final da Reforma da `Previdência será apresentado em 15 dias
19/05/19, 18:56 | POLÍTICA - Janaina Paschoal se diz contra manifestação de apoio a Bolsonaro
19/05/19, 18:36 | POLÍTICA - 'Anunciar o caos recai na própria cabeça', diz FHC sobre Bolsonaro
19/05/19, 14:08 | POLÊMICA - “Avisei meus seguranças: o Sistema vai me matar”, escreveu Bolsonaro em grupos de WhatsApp
19/05/19, 13:55 | CRISE - A batalha pela Educação e a primeira derrota de Bolsonaro nas ruas
19/05/19, 11:25 | ENTREVISTA - Mães de Maio, 13 anos depois: ‘Moro é o ministro da morte’
19/05/19, 11:20 | OPINIÃO - Deslumbrados na República
18/05/19, 21:14 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Justiça determina acesso a notas fiscais de compras feitas por Flávio e Queiroz
18/05/19, 21:08 | ANÁLISE - Governo perdeu 'momento mágico', avaliam economistas
18/05/19, 20:52 | EVENTO - Mais de 70% da violência sexual contra crianças ocorre dentro de casa
18/05/19, 20:48 | ENTREVISTA - Janaína Paschoal: Bolsonaro “precisa parar com tanta xaropada e focar no trabalho”
18/05/19, 20:36 | INVESTIGAÇÃO - Sem se intimidar, Justiça amplia devassa nas contas de Flávio Bolsonaro
18/05/19, 15:33 | SAÚDE - Hipertensão atinge 24,7% dos moradores de capitais brasileiras
18/05/19, 15:30 | SAÚDE - Pacientes com transtorno mental têm direito a tratamento humanizado
18/05/19, 15:25 | JUDICIÁRIO - Paciente que precisa de remédios caros entra em pauta no STF
18/05/19, 14:10 | CULTURA - Virada Cultural tem 24h de shows, teatro e dança por toda São Paulo
18/05/19, 14:00 | CONFUSÃO - Depois da educação, governo Bolsonaro mira na saúde pública
18/05/19, 13:09 | OPINIÃO - O mercado e a Globo já decidiram: vão trocar o capitão pelo general
18/05/19, 13:01 | POLÍTICA - O governo Bolsonaro se aproxima da hora da verdade, por Luis Nassif
18/05/19, 12:53 | INVESTIGAÇÃO - Facebook identifica empresa israelense que espalhou fakenews nas eleições brasileiras
18/05/19, 12:49 | POLÍTICA - Bolsonaro concede anistia a partidos que não cumpriram cota mínima para mulheres
18/05/19, 12:29 | OPINIÃO - Para cair, basta ruir
17/05/19, 21:22 | POSTURA - Câmara e Senado decidem substituir o presidente Bolsonaro com ações para aquecer a economia
17/05/19, 21:02 | CÂMARA DOS DEPUTADOS - Capitalização é foco de críticas em audiência sobre Previdência
17/05/19, 20:56 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Coaf aponta que Queiroz fez saques de R$ 661 mil em 18 meses
17/05/19, 20:45 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Apuração sobre Flávio pode avançar sobre milícia, PSL e primeira-dama
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site