CBN - A rádio que toca notícia

PRESTAÇÃO DE CONTAS

Uma lei 'natimorta', por Deusval Lacerda de Moraes

16/08/11, 10:43

N

o próximo ano realizar-se-á mais uma rodada de eleições municipais para eleger os representantes dos municípios brasileiros que, nota-se, são os entes federativos em que mais se preponderam práticas de gestão pública geradoras de corrupção e, por conseguinte, produzem mais vícios na Administração Pública do Brasil. Por causa disso, o legislador constituinte ampliou o leque de fiscalização das contas municipais como se encontra consubstanciado na Constituição Federal de 1988.

        
Na Lei Maior do Brasil a fiscalização dos municípios será exercida pelo Poder Legislativo mediante controle externo e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal. O controle externo da Câmara de Vereadores será exercido com o auxílio dos Tribunais de Contas dos Estados ou do Município ou dos Conselhos ou Tribunais de Contas dos Municípios, onde houver. O parecer prévio emitido pelo órgão competente sobre as contas que o prefeito deve anualmente prestar só deixará de prevalecer por decisão de dois terços dos membros da Câmara Municipal.
        
Mas a novidade da Carta Magna foi o parágrafo 3º do seu artigo 31 que tem a seguinte redação: “As contas dos Municípios ficarão, durante sessenta dias, anualmente, à disposição de qualquer contribuinte, para exame e apreciação, o qual poderá questionar-lhes a legitimidade, nos termos da lei”. Inspirado talvez na democracia ateniense, o legislador introduziu a participação do cidadão na fiscalização da aplicação dos recursos municipais.
        
Acontece que a referida norma legal tornou-se inaplicável na organização político-administrativa vigente, ou seja, já nasceu morta (natimorta), pois é sabido que no País tal regramento jurídico sempre foi sonegado, tanto porque o contribuinte não tem acesso às prestações de contas por não serem oferecidas adequadamente pelas Prefeituras Municipais como também os gestores públicos não têm interesse de que sejam esmiuçadas as suas prestações de contas diretamente pela população.
        
Na verdade, ocorrem que alguns prefeitos sequer prestam contas regularmente aos órgãos fiscalizadores como o Tribunal de Contas e a Câmara Municipal. Outros encaminham as suas prestações de contas em desconformidade com a legislação que normatiza a Administração Pública. Como também existem aqueles gestores que, apesar de seguirem as determinações legais, as prestações de contas se apresentam grotescamente maquiadas por manipulações técnico-financeiras.
        
Se cumprida a mencionada lei, o contribuinte pátrio seria mais um fiscal dos gestores públicos que assim não lhe conviria uma vez que o preceito legal autoriza a qualquer contribuinte o direito de questionar a legitimidade dos gastos administrativos, bem como suscitar aos representantes da Câmara Municipal e do Ministério Público a cobrança da malversação desses recursos públicos.
        
A quase totalidade dos prefeitos brasileiros não quer nem ouvir falar nisso. Pois se já se descontenta em prestar contas dos seus atos aos órgãos oficiais fiscalizadores, imagine ao próprio munícipe. Por isso que nunca se preocupou em preparar as condições ideais para prestar contas das suas despesas ao contribuinte, como reza o dispositivo constitucional. Pelo contrário, alguns são inclusive questionados na sua honra, dignidade e competência na condução da coisa pública, e outros são severamente acusados judicialmente de irregularidades nas suas prestações de contas por violarem descaradamente a lei, sem, entretanto, observarem os valores morais e os bons costumes que devem ser sempre obedecidos na boa aplicação dos recursos públicos.
 
Por Deusval Lacerda de Moraes
Pós-Graduado em Direito
Fonte: JL/
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
17/11/18, 22:29 | BRASILEIRÃO - Corinthians vence Vasco e dá passo importante contra o Z-4
17/11/18, 22:25 | ECONOMIA - Pagamento da segunda parcela do 13º pelo INSS começa no dia 26
17/11/18, 22:02 | IMBRÓGLIO - Justiça proíbe TV Globo de divulgar conteúdo de inquérito de Marielle
17/11/18, 17:58 | SAÚDE - SBU quer incluir times de futebol na prevenção ao câncer de próstata
17/11/18, 17:54 | INTERNACIONAL - Incêndio da Califórnia registra 74 mortos e mais de mil desaparecidos
17/11/18, 17:49 | POLÊMICA - DPU ajuíza ação para manter atendimento regular do Mais Médicos
17/11/18, 15:07 | ACIDENTE - Submarino argentino desaparecido 'implodiu', diz chefe de base naval
17/11/18, 15:02 | SAÚDE PÚBLICA - Com saída de cubanos, cerca de 600 cidades podem ficar sem médico, diz entidade
17/11/18, 14:49 | CAMPANHA ELEITORAL - Iracema Portella, Maia Filho e Margarete Coelho foram os que mais receberam recursos de partido na eleição 2018
16/11/18, 21:58 | PROCESSO DISCIPLINAR - Deputados entram no CNJ contra ilegalidade da exoneração de Sérgio Moro
16/11/18, 21:27 | TEATRO - Espetáculo baseado em fatos reais revive crime da década de 40 em Belém
16/11/18, 21:24 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Bolsonaro culpa sistema do TSE por falhas na prestação de contas
16/11/18, 21:18 | POLÍTICA - Sérgio Moro vai integrar equipe de transição de Bolsonaro
16/11/18, 21:14 | MEIO AMBIENTE - Temporal causa mortes e estragos em BH; adolescente está desaparecida
16/11/18, 21:06 | DISNEY - Veja curiosidades do Mickey Mouse, que completa 90 anos no domingo
16/11/18, 21:02 | TRANSIÇÃO - General desiste de ministério e leva crise ao QG de Bolsonaro
16/11/18, 20:59 | JUSTIÇA FEDERAL - Vaga de Moro na Lava Jato pode ser disputada por 232 juízes
16/11/18, 20:51 | ESPORTE - Com gol de pênalti de Neymar, seleção derrota Uruguai
16/11/18, 15:23 | CORRUPÇÃO - Propinas para Aécio Neves eram carregadas em caixas de sabão em pó
16/11/18, 14:47 | POLÊMICA - Presidente do TRF-4 assina exoneração de Sérgio Moro
16/11/18, 13:36 | POLÍTICA - Prefeitas brasileiras sofrem preconceito e desigualdade de gênero
16/11/18, 13:23 | POLÍTICA - Ignorado na composição de ministérios de Bolsonaro, PSL fica dividido
16/11/18, 13:16 | INVESTIGAÇÃO - Corregedor Nacional quer ouvir Sergio Moro e juízes do TRF-4
16/11/18, 12:30 | SAÚDE - Mulheres em situação de violência poderão contar com tratamento odontológico em Teresina
16/11/18, 12:24 | EDUCAÇÃO - Teresina organiza rematrícula dos bolsistas do Bolshoi e lança edital para nova Mãe Social
16/11/18, 12:20 | EVENTO - Teresina participa de Semana da Resiliência Urbana em Barcelona e prepara plano municipal
16/11/18, 10:03 | TRANSIÇÃO - Diretores do BC colocam-se à disposição para permanecer nos cargos
16/11/18, 10:01 | ECONOMIA - Distrito Federal registra desigualdade maior que restante do país
16/11/18, 09:57 | PESQUISA - Periferia das cidades concentra 87% das bibliotecas comunitárias
16/11/18, 09:24 | PEDOFILIA - Inocentado, homem torturado na prisão processa Magno Malta
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site