CBN - A rádio que toca notícia

LEGISLAÇÃO

Advogado de São Paulo diz que Lei da Ficha Limpa é inconstitucional

01/08/10, 10:57
Lei da Ficha Limpa é inconstitucional
 
Quem conhece minimamente qualquer sistema jurídico tem por base que a constituição de um país é a sua lei maior. Isso significa que todas as demais leis devem estar de acordo com os seus conceitos e princípios. Com outras palavras, nenhuma lei de um país tem validade jurídica se contrariar a constituição federal daquele país.

No Brasil, cabe ao Supremo Tribunal Federal declarar se uma lei ou um ato administrativo é inconstitucional, com os efeitos da decisão tendo alcance sobre todos os brasileiros. Existe a possibilidade de um juiz singular reconhecer a inconstitucionalidade de uma lei num caso concreto. Algumas matérias da nossa Constituição podem ser alteradas por meio de emendas, e em quaisquer hipóteses por meio de constituição originária. Essa introdução se fez necessária para se chegar à discussão sobre a constitucionalidade ou não da chamada Lei da Ficha Limpa.

Os reiterados atos de corrupção geraram um desgaste generalizado nos políticos nacionais que, diante do clamor popular por ética, aprovaram a chamada Lei da Ficha Limpa, a lei complementar 135/2010. O ponto de maior destaque ficou por conta da proibição das pessoas se candidatarem quando tiverem sido condenadas por órgãos colegiados. De acordo com o sistema jurídico brasileiro, esses órgãos só existem a partir da Segunda Instância e pode chegar a três ou quatro.

Ocorre que a lei não exigiu a condenação com trânsito em julgado para que a pessoa ficasse impossibilitada de se candidatar. Uma decisão transita em julgado quando não cabe mais recurso a outra instância. Grosso modo, este é o conceito de trânsito em julgado.

Como é pacífico que uma lei não tem valor jurídico se contrariar a Constituição federal, transcrevo os trechos de ambas sobre a vedação aos candidatos condenados. Prescreve a Constituição Federal, artigo 15, III: “É vedada a cassação dos direitos políticos, cuja perda ou suspensão só se dará nos casos de: condenação criminal transitada em julgado, enquanto durarem seus efeitos”.

Já a referida lei complementar dispõe em seu artigo 2º, d: “os que tenham contra sua pessoa representação julgada procedente pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado, em processo de apuração de abuso do poder econômico ou político, para a eleição na qual concorrem ou tenham sido diplomados, bem como para as que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes;”.

A Constituição federal explicita a necessidade de trânsito em julgado de qualquer condenação. Da mesma forma a lei é cristalina em afirmar que basta uma condenação de órgão colegiado, transitada em julgado ou não.  Essa lei, neste ponto, está de acordo com a norma constitucional?

Quando sentir necessidade de mudança, cabe à população brasileira exigir dos seus congressistas que alterem a Constituição para adequá-la aos valores desejáveis, mas a Suprema Corte do país não deve atuar como se estivesse na apresentação de um programa televiso de auditório, fazendo de tudo para agradar seu público.

No meu ponto de vista, o Supremo Tribunal Federal só pode declará-la constitucional por meio de uma “masturbação” jurisdicional, pois essa lei é flagrantemente inconstitucional. 

 por Pedro Cardoso da Costa

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
25/06/17, 21:23 | EVENTO - "O País está pior do que em outros momentos, pior do que em 1964", diz José Serra
25/06/17, 20:45 | BRASILEIRÃO - Flamengo com time milionário sofre contra um Bahia com 10 jogadores
25/06/17, 20:06 | BRASILEIRÃO - Cássio pega pênalti e Corinthians bate o Grêmio na Arena
25/06/17, 20:00 | BRASILEIRÃO - São Paulo empata com o Fluminense e se complica na tabela
25/06/17, 17:24 | REFORMA - Pesquisa aponta que maioria da população é contra reforma trabalhista
25/06/17, 16:34 | CRIMES - Desde 2013, prisões por corrupção no Brasil cresceram 288%
25/06/17, 14:51 | CORRUPÇÃO - Deputados que vão analisar denúncia contra Temer são alvos de delatores
25/06/17, 14:01 | MOVIMENTO - Caminhada pela Paz reúne 1.500 pessoas em combate às drogas em Teresina
25/06/17, 13:51 | ACIDENTE - Colisão entre carro e caminhão baú deixa vítima presa às ferragens na BR-316
25/06/17, 13:46 | BRASILEIRÃO - Nenê decide de falta e Vasco bate o Atlético-GO no São Januário
25/06/17, 13:39 | CORRUPÇÃO - Saiba quais são os passos em caso de denúncia contra Temer pela PGR
25/06/17, 13:07 | RECONHECIMENTO - Luzilândia premia seus alunos da rede muncipal na Olimpíada de Matemática
25/06/17, 12:53 | CRIMINALIDADE - Bandidos fazem a 'festa' em São Bernardo, Magalhães de Almeida e Luzilândia
25/06/17, 12:31 | ARTIGO - O crime não compensa; o que compensa é a impunidade
25/06/17, 07:41 | SORTE - Doze apostas levam o prêmio de R$ 130 mi da Quina de São João
25/06/17, 07:33 | CAIXA TRÊS - Odebrecht usou empesas laranjas para financiar campanha de Heráclito
24/06/17, 19:24 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Doleiro aliado à Cunha prometeu 'acabar' com Temer em delação
24/06/17, 15:24 | CRIME - Receita Federal alerta para envio de falsas intimações pelos Correios
24/06/17, 15:17 | LEI - Câmara aprova fim de multa a quem não portar CNH e licenciamento
24/06/17, 15:10 | REPÚDIO - CNBB critica 'barganhas sem escrúpulos' na política brasileira
24/06/17, 13:26 | ADMINISTRAÇÃO - Após 127 anos de história, Luzilândia tem sua 1ª Administração transparente
24/06/17, 13:22 | INVESTIGAÇÃO - PF diz que não houve edição em gravação de Joesley com Temer
24/06/17, 13:16 | POLÊMICA - Ministro quer trocar o diretor da PF e reorganizar instituição
24/06/17, 13:04 | PESQUISA - Maioria acredita que saída de Temer é o melhor para o país
24/06/17, 12:20 | ARAPONGAGEM - Cármen Lúcia pede varredura em telefones do Supremo Tribunal
24/06/17, 12:13 | PESQUISA - Temer é presidente com menor popularidade em 28 anos
24/06/17, 09:20 | ARTIGO - Na Criminologia, a confusão entre Feminicídio e Homicídio Qualificado
23/06/17, 17:56 | ECONOMIA - Ministro teme que outros países suspendam compra de carne
23/06/17, 17:44 | POLÍTICA - Temer é pressionado a tirar PSDB dos ministérios
23/06/17, 17:39 | MINISTÉRIO PÚBLICO - Cotados à vaga de Janot na PGR prometem manter Lava Jato
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site